Japão e Coreia do Sul se unem para punir Coreia do Norte

Os dois países também fecharam acordo para desenvolver relações bilaterais voltadas para o futuro

Tóquio - Japão e Coreia do Sul fecharam um acordo de cooperação nesta quarta-feira, com o objetivo de impor sanções adicionais à Coreia do Norte e desenvolver relações bilaterais mais voltadas para o futuro, segundo uma autoridade governamental japonesa.

O primeiro ministro japonês, Shinzo Abe, e a nova presidente sul-coreana, Park Geun-Hye, confirmaram durante uma breve conversa telefônica que ambos os países desejavam trabalhar juntos para que o Conselho de Segurança das Nações Unidas puna a Coreia do Norte após seu terceiro teste nuclear, realizado no mês passado.

Embora tenha afirmado que o Japão é um sócio fundamental para a Coreia do Sul na Ásia oriental, Park destacou que os dois países vizinhos devem criar uma relação "voltada para o futuro".

Pouco antes, Park havia pedido ao Japão que "refletisse honestamente" sobre a história entre os dois países, referindo-se à dominação colonial japonesa da Península Coreana entre 1980 e 1945.

Esta conversa dos dois dirigentes que recentemente chegaram ao poder ocorreu em meio à tensão nas relações bilaterais devido a uma disputa territorial pelas ilhas chamadas de Dokdo pela Coreia do Sul, que as administra, mas que o Japão reivindica com o nome de Takeshima.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.