Já é hora de considerar o vírus chinês uma emergência mundial?

Organização Mundial da Saúde se reúne hoje na Suíça para definir se é necessário declarar o surto do novo coronavírus da China uma emergência internacional

São Paulo — Com o registro de novos casos de coronavírus na China, o episódio vai aos poucos se tornando uma preocupação de proporções globais.

Nesta quarta-feira, a Comissão de Emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS) se reúne em Genebra, na Suíça, para definir se é necessário declarar o surto da nova doença como uma emergência internacional. A medida é necessária para que os países adotem uma resposta coordenada contra a propagação do vírus.

A reunião acontece um dia depois de os Estados Unidos identificarem uma pessoa infectada com o novo vírus. O caso é o de um homem de 30 anos morador do estado de Washington que havia retornado há poucos dias da região de Wuhan, na China, onde a infecção foi detectada pela primeira vez.

A China confirmou a 17ª morte de pessoas infectadas pela doença. Cerca de 300 pessoas já foram contaminadas e outras 900 estão em observação com suspeita de terem contraído o vírus, segundo as autoridades do país. A maioria delas é da região de Wuhan, sétima maior cidade da China, com 11 milhões de habitantes, localizada no centro do país às margens do Rio Yangtzé.

Além da China e dos Estados Unidos, o novo vírus também foi detectado no Japão (1 caso), na Coreia do Sul (2 casos) e na Tailândia (1 caso).

A nova doença é causada por um coronavírus, uma espécie de vírus que tem o formato de uma coroa e que pode causar desde uma gripe simples até doenças respiratórias de maior risco à saúde humana, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio, conhecida pela sigla MERS, e a Síndrome Respiratória Aguda Grave, SARS. Essa última doença infectou mais de 8.000 pessoas e matou 800 em uma epidemia em 2002.

A nova variante do coronavírus, batizada de 2019-nCoV, foi encontrada na cidade de Wuhan, na China, quando alguns pacientes começaram a ser diagnosticados com uma pneumonia de causa desconhecida. A suspeita é que o vírus possa ter sido transmitido de animais para humanos.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma doença grave é considerada uma emergência internacional quando existe o risco de ela se espalhar para outros países, o que exige uma resposta coordenada entre diferentes governos.

Uma vez identificada uma emergência do tipo, a OMS faz recomendações para os países afetados sobre como prevenir a propagação da doença. Se a declaração for oficializada hoje pela OMS, o novo coronavírus da China pode se tornar a primeira emergência internacional de saúde pública dos anos 2020.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.