Incêndios persistem em Tianjin com total de 116 mortos

Segundo publica a agência oficial "Xinhua", 65 dos 116 mortos são bombeiros e sete são policiais, todas as vítimas já foram identificadas com exames de DNA

Pequim - O número de mortos nas duas explosões que ocorreram em uma terminal de contêineres de Tianjin (norte) no dia 12 de agosto chegou nesta sexta-feira a 116, com 60 pessoas ainda desaparecidas, enquanto nesta sexta-feira aconteceram quatro novos incêndios no local do acidente.

Segundo publica a agência oficial "Xinhua", 65 dos 116 mortos (até hoje eram 114) são bombeiros e sete são policiais, acrescentando que todas as vítimas já foram identificadas com exames de DNA.

Nove dias depois do ocorrido, quatro novos incêndios foram registraram nesta sexta nas imediações do terminal, segundo a "Xinhua", que acrescentou que as equipes de resgate se apressaram para chegar à área.

Os bombeiros asseguraram que um dos "pontos de combustão" fica em uma unidade de logística de automóveis próxima ao epicentro das explosões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.