Imperador do Japão completa 80 anos e faz homenagem à esposa

Milhares de pessoas se dirigiram ao palácio imperial de Tóquio para celebrar os 80 anos do imperador Akihito

Tóquio – Milhares de pessoas se dirigiram nesta segunda-feira ao palácio imperial de Tóquio para celebrar os 80 anos do imperador Akihito, que prestou uma homenagem a sua esposa por acompanhá-lo na tarefa “solitária” à frente da monarquia mais antiga do mundo.

“Ser imperador pode ser um trabalho solitário”, declarou Akihito em uma entrevista divulgada nesta segunda-feira pela agência imperial.

“Mas a presença ao meu lado da imperatriz me forneceu consolo e felicidade. Ela sempre respeitou minha posição e me apoiou”, acrescentou.

Segundo o palácio imperial, cerca de 24.000 pessoas agitavam pequenas bandeiras sob o balcão do monarca, para quem gritavam “Banzai!” (Vida longa).

Akihito, que chegou ao trono do país em 1989, após a morte de seu pai, o imperador Hirohito, também teve algumas palavras para as vítimas das catástrofes naturais no Japão, como as do tsunami de março de 2011.

“Passarei meus dias esperando a felicidade de todos”, declarou o “soberano celestial”, como é chamado o imperador japonês.