Governo do Canadá apresenta projeto sobre suicídio assistido

Este é um assunto "incrivelmente íntimo e comovente" para os canadenses, declarou a ministra da Justiça, Jody Wilson-Raybould, ao apresentar o projeto

O governo canadense apresentou nesta quinta-feira um projeto de lei sobre o suicídio assistido com condições estritas a adultos vítimas de doenças incuráveis.

Este é um assunto "incrivelmente íntimo e comovente" para os canadenses, declarou a ministra da Justiça, Jody Wilson-Raybould, ao apresentar o projeto.

O direito ao suicídio assistido poderá ser concedido a "adultos conscientes e responsáveis, que sofram de uma doença grave, incurável e irreversível, e cuja morte é razoavelmente previsível", indicou a ministra.

O texto, que será uma emenda ao código penal, está aquém das recomendações de uma comissão parlamentar, que propôs o direito ao suicídio assistido a menores ou pessoas com doenças mentais.

As condições serão bastante restritas para os doentes. Aqueles que apresentarem um pedido para o suicídio assistido deverão dispor de "duas testemunhas independentes" e obter a aprovação de dois profissionais médicos que possam atestar que se trata de "uma escolha lúcida", explicou Wilson-Raybould.

A discussão do texto no Parlamento será acelerada porque a nova lei deverá ser votada em dois meses, prazo fixado pelo Supremo Tribunal Federal para alterar o código penal.

Há um pouco mais de um ano, o Supremo Tribunal do Canadá autorizou o suicídio assistido a adultos com problemas de saúde graves e irreversíveis.

A assistência médica para a morte já está em vigor desde o final de dezembro na província de Quebec, onde cerca de vinte pessoas já se beneficiaram desta possibilidade.

O suicídio assistido já é permitido na Suíça e a eutanásia na Holanda, Luxemburgo e Bélgica. Dois estados americanos, Oregon e Washington (noroeste) também oferecem assistência médica para morrer.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também