Furacão Sandy chega nos EUA na terça-feira

De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA, Sandy deve tocar terra firme em algum ponto entre a Carolina do Norte e Long Island, Nova York

Washington – O furacão Sandy deve atingir os Estados Unidos na terça-feira, afirmou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês). Meteorologistas alertam que o fenômeno pode provocar uma chamada “super tempestade” ao se misturar com uma tempestade de inverno (boreal) que se formou ao oeste dos Açores, em pleno Atlântico Norte.

De acordo com o NHC, Sandy deve tocar terra firme em algum ponto entre a Carolina do Norte e Long Island, Nova York. Com a rara junção de sistemas climáticos diferentes em uma área densamente povoada, especialistas preveem pelo menos US$ 1 bilhão em danos.

Após passar pelo Caribe e causar a morte de pelo menos 29 pessoas, o furacão continua a seguir na direção norte. Ele pode afetar bastante os contratos futuros de energia. Se na terça-feira causar blecautes em Manhattan, os preços de gás natural podem cair, e se os habitantes seguirem o conselho do prefeito Michael Bloomberg e estocarem gasolina, os preços podem disparar – e em seguida despencar caso o acúmulo não se mostre necessário.

“O que estamos fazendo é tomar as preocupações que você espera de nós, não acho que há motivos de pânico”, disse Bloomberg na quinta-feira. Os meteorologistas batizaram a possível “super tempestade” de “Frankenstorm” (na tradução livre, tempestade monstro). “Está parecendo uma tempestade muito séria, que pode ser histórica”, afirmou o diretor de meteorologia do Weather Underground. As informações são da Dow Jones e Associated Press.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.