Mundo

FMI diz que recursos atuais atendem qualquer demanda

Porta-voz disse que entidade está pronta para oferecer até 250 bilhões de euros em ajuda para países da União Européia em crise

O pacote de ajuda feito entre a UE e o FMI pode chegar à 750 bilhões de euros (Stock.XCHNG/EXAME.com)

O pacote de ajuda feito entre a UE e o FMI pode chegar à 750 bilhões de euros (Stock.XCHNG/EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de dezembro de 2010 às 16h21.

Os recursos do Fundo Monetário Internacional (FMI) são adequados para atender qualquer demanda, mesmo em meio às preocupações cada vez mais disseminadas com os bancos e as dívidas soberanas da Europa, de acordo com Caroline Atkinson, porta-voz do órgão. "Acreditamos possuir uma posição de liquidez suficiente para atender qualquer necessidade", afirmou.

O FMI está preparado para oferecer até 250 bilhões de euros para os países europeus como parte do pacote de resgate acertado com a União Europeia. No entanto, algumas autoridades defenderam recentemente que os recursos disponibilizados por meio desse pacote - 750 bilhões de euros ao todo - fossem dobrados, em meio a receios com a possibilidade de a crise fiscal, até agora restrita a nações com economias relativamente pequenas, se espalhar para Itália e Espanha.

Atkinson refutou essa ideia e destacou o pedido do diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, para que a Europa avance com o desenvolvimento de "um plano abrangente e integrado" para lidar com um potencial alastramento da crise. "Acreditamos que os próprios europeus estão comprometidos com isso e que essa situação é gerenciável", disse Atkinson.

Ela afirmou também que o FMI não está estudando um plano de emergência para Portugal e que os representantes do fundo estão no país em visita regular, referente à análise anual da economia portuguesa. As informações são da Dow Jones.

Acompanhe tudo sobre:Crises em empresasEmpréstimosEuropaFMIUnião Europeia

Mais de Mundo

Eleição nos EUA: Trump vai inflamar ou moderar o discurso na convenção republicana?

Biden continua apresentando sintomas leves de covid-19, diz médico do presidente

Aliada de Macron é eleita presidente do Parlamento em 1º teste de forças após as eleições na França

Maduro fala em risco de 'banho de sangue' se for derrotado nas eleições da Venezuela; veja vídeo

Mais na Exame