Ex-aluno holandês é preso após ameaça de tiroteio em escola

A ameaça feita pela internet provocou o fechamento de cerca de 20 escolas na cidade de Leiden

Leiden - Um ex-aluno de uma escola britânica na Holanda, expulso do estabelecimento por "incidentes ligados a seu comportamento", foi detido nesta segunda-feira, depois de postar na internet ameaças de realizar um tiroteio, o que provocou o fechamento de cerca de 20 escolas na cidade de Leiden.

"A polícia nos informou que um ex-aluno da Escola Britânica da Holanda (BSN) foi preso por ligação com as ameaças feitas contra uma escola holandesa de Leiden (oeste) através da internet", indicou a escola, localizada na cidade holandesa de Voorschoten, em um comunicado.

A polícia local confirmou que uma pessoa foi detida, mas sem dar maiores detalhes. "Alguém foi detido por fazer ameaças e nós continuamos a investigar", declarou um porta-voz à AFP.

"Este estudante foi expulso definitivamente da BSN em outubro de 2011 após incidentes comportamentais", ressaltou por sua vez a escola, sem precisar a idade do ex-aluno. "Ele não frequenta a escolha há mais de um ano", acrescentou.

"A polícia nos assegurou que a escola britânica e seus alunos nunca estiveram ameaçados. A escola continua aberta e as aulas vão continuar normalmente", concluiu.

Fundado em 1931, o estabelecimento privado assegura em seu site que recebe alunos de 80 nacionalidades diferentes.

As autoridades locais decidiram desde domingo à noite fechar as escolas secundárias de Leiden, mais de vinte no total, após as ameaças publicadas na internet. Policiais armados foram enviados para as escolas da cidade.


"Amanhã, vou atirar em meu professor e em tantos estudantes quanto for possível", assegura a mensagem de ameaça postada no site 4chan.org. "É uma escola em uma cidade holandesa chamada Leiden, e eu vou utilizar uma Colt Defender de 9 mm", explicou o autor.

O prefeito de Leiden, Henri Lenferink, explicou que as medidas de segurança foram tomadas por precaução.

"É possível que tenha sido apenas uma piada mórbida", ressaltou. "Este foi o nosso dilema: por um lado, acreditávamos ser exagero, por outro, ninguém quis correr riscos".

Os diretores das escolas devem realizar uma reunião ainda hoje para decidr a reabertura dos estabelecimentos.

As escolas primárias permaneceram abertas, mesmo que algumas decidiram não deixar as crianças brincarem no lado externo. Alguns pais decidiram não levar seus filhos para o colégio.

Apesar da forte presença policial, a vida desta cidade parece não ter sido afetada, segundo um jornalista da AFP.

"Recebemos o aviso da polícia de Zurique, que navegava na internet e descobriu esta mensagem", explicou o prefeito de Lenferink. O FBI foi contactado porque a mensagem foi publicada em um site americano.

O site 4chan.org é um fórum de discussões sobre vários assuntos como videogame, esporte, revistas em quadrinhos e pornografia.

Uma outra ameaça foi postada em 2009 neste site por um jovem de 18 anos, que ameaçava atirar contra alunos em uma escola de Breda, no sul da Holanda. O jovem foi preso rapidamente e assegurou que era só uma "brincadeira".

Em 9 de abril de 2011, um homem de 24 anos abriu fogo em um centro comercial de Alphen aan de Rijn, no oeste da Holanda, e fez seis mortos antes de se matar.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.