Mundo

Déficit britânico cai e empréstimos do governo sobem

Enquanto saldo negativo do governo caiu quase pela metade em 1 ano, empréstimos líquidos subiram no mesmo período

Governo britânico deve anunciar um pacote de corte de gastos em cerca de 10,1% do PIB (Ben Stansall/AFP)

Governo britânico deve anunciar um pacote de corte de gastos em cerca de 10,1% do PIB (Ben Stansall/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 21 de setembro de 2010 às 09h36.

Londres - O déficit público da Grã-Bretanha caiu mais do que o previsto em agosto, a 5,8 bilhões de libras (nove bilhões de dólares), contra 10,3 bilhões de libras em agosto de 2009.

O resultado positivo foi abalado, no entanto, pelo dado, divulgado de forma quase simultânea, de que os empréstimos públicos líquidos chegaram a 15,3 bilhões de libras (23,8 bilhões de dólares) em agosto, contra 13,5 bilhões no mesmo mês de 2009.

Este dado é o preferido pelo governo para avaliar as necessidades orçamentárias.

Os economistas acompanham com atenção a evolução das finanças britânicas, um mês antes dos cortes orçamentários que devem ser anunciados pelo governo para reduzir um déficit público recorde (de 10,1% do PIB em 2010).

Leia mais notícias sobre déficit público e sobre o Reino Unido

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter

Acompanhe tudo sobre:CâmbioDéficit públicoEuropaLibra esterlinaPaíses ricosReino Unido

Mais de Mundo

Legisladores democratas aumentam pressão para que Biden desista da reeleição

Entenda como seria o processo para substituir Joe Biden como candidato democrata

Chefe de campanha admite que Biden perdeu apoio, mas que continuará na disputa eleitoral

Biden anuncia que retomará seus eventos de campanha na próxima semana

Mais na Exame