Danny ganha força mas permanece relativamente pequeno

O furacão ganhou força e foi considerado uma tempestade de categoria 3 hoje

O furacão Danny ganhou força e foi considerado uma tempestade de categoria 3 nesta sexta-feira, embora tenha provavelmente alcançado seu pico de intensidade e permanecido relativamente pequeno e distante do continente, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Os ventos do Danny, primeiro furacão da temporada de 2015 do oceano Atlântico, registraram até 185 quilômetros por hora, disseram especialistas do governo.

Danny deve enfraquecer e se tornar uma típica tempestade tropical ao alcançar ilhas do Caribe no começo da semana que vem, antes de seguir em direção a Porto Rico e à ilha de Hispaniola, compartilhada pelo Haiti e pela República Dominicana, de acordo com previsões para os próximos cinco dias do centro de furacões, sediado em Miami.

"Danny permanece um ciclone tropical muito pequeno", disse o centro nesta sexta-feira, após a tempestade ter sido considerada categoria 3 na escala de intensidade de ventos Saffir-Simpson, que vai até 5.

Danny é a quarta tempestade a ganhar nome nesta temporada de furacões, que vai de 1º de junho a 30 de novembro, que especialistas preveem que será mais calma do que o normal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.