Crimeia diz que 72 unidades militares passaram para Rússia

Segundo as autoridades da Crimeia, 72 unidades militares da Ucrânia instaladas na península passaram para o controle e içaram a bandeira russa

Moscou - Segundo as autoridades da Crimeia, república autônoma ucraniana que na terça-feira assinou um tratado de incorporação à Rússia, 72 unidades militares da Ucrânia instaladas na península passaram para o controle e içaram a bandeira russa.

Entre as unidades ucranianas que passaram para jurisdição da Rússia estão seis navios de guerra e 25 embarcações de apoio, indicaram fontes do governo crimeano à agência russa "Interfax".

Segundo as autoridades da Crimeia, em todas as unidades foram realizadas cerimônias nas quais se içou a bandeira da Rússia e se entoou o hino nacional russo.

Os oficiais destas unidades, acrescentou o governo local, decidiram continuar seu serviço nas forças armadas da Rússia.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou ontem o reconhecimento de militares e a formação acadêmica dos oficiais ucranianos que desejem servir nas forças armadas e outras instituições russas.

"Isto dará a possibilidade de se incorporarem ao serviço, pelo menos por contrato, até quando sejam resolvidas outras formalidades, incluídas a obtenção da cidadania", disse Putin após mostrar sua assinatura na resolução.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.