Correios vendem 240 mil selos em homenagem a Lula

A emissão de selos de presidentes da República está em vigência desde 1996

Em menos de duas semanas, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) vendeu 239.879 unidades do selo em homenagem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foram 236.561 selos comercializados nas agências do dia 3 até ontem e 3.318 pela internet desde a última segunda-feira (10) até hoje.

A imagem estampada no selo, que custa R$ 2, é a de um retrato de Lula tirado nos jardins do Palácio da Alvorada pelo fotógrafo oficial da Presidência, Ricardo Stuckert. A tiragem do selo comemorativo é de 900 mil exemplares.

A emissão de selos de presidentes da República está em vigência desde 1996, regulamentada pela portaria 818 do Ministério das Comunicações. A regra permite homenagem em selo postal a chefes de Estado em vida somente após o término do mandato. Por isso o selo do ex-presidente Lula só foi lançado no dia 1º, logo após o petista passar o cargo para a presidente Dilma Rousseff.

O selo pode ser comprado tanto nas agências dos Correios quanto pela loja virtual (www.correios.com.br/correiosonline).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.