Controlador aéreo é acusado por morte de presidente da Total

Um segundo controlador aéreo russo foi acusado nesta quinta-feira por violar as regras de segurança no acidente

Moscou - Um segundo controlador aéreo russo foi acusado nesta quinta-feira por violar as regras de segurança no acidente com o jato que transportava o presidente da companhia de petróleo francesa Total, Christophe de Margerie, anunciou o comitê de investigação.

"O controlador aéreo Alexander Krouglov é acusado de violar as regras de segurança que causaram a morte por imprudência de pelo menos duas pessoas. Ele foi indiciado hoje e está detido", anunciou o comitê em um comunicado.

Sua acusação é anunciada depois da detenção da também controladora Svetlana Krivsoune, responsável pela decolagem de avião. Krivsoune estava sob supervisão de Krouglov.

Caso a culpa dos dois seja constatada, eles poderão ser condenados a cinco anos de prisão, segundo a lei russa.

O acidente aconteceu no dia 21 de outubro, quando o avião se preparava para decolar no aeroporto de Moscou. Além do presidente da companhia francesa, os dois pilotos e a aeromoça morreram.

Também cumprem pena de prisão preventiva, embora sem acusação formal, o operador da máquina de retirada de neve que foi atingida pelo jato, Vladimir Martynenko, e o chefe dos serviços de limpeza das pistas, Vladimir Ledeniov. Martynenko estaria alcoolizado no momento do acidente, segundo os investigadores.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.