Mundo
Acompanhe:

Constituinte assume funções do Parlamento opositor na Venezuela

A Assembleia Constituinte que rege a Venezuela decidiu por unanimidade assumir as funções do Parlamento controlado pela oposição

Assembleia Constituinte: órgão decidiu assumir as competências para legislar sobre as matérias dirigidas ao Parlamento (Marco Bello/Reuters)

Assembleia Constituinte: órgão decidiu assumir as competências para legislar sobre as matérias dirigidas ao Parlamento (Marco Bello/Reuters)

A
AFP

18 de agosto de 2017, 13h56

A Assembleia Constituinte que rege a Venezuela com poderes absolutos decidiu por unanimidade nesta nesta sexta-feira assumir as funções do Parlamento controlado pela oposição.

O órgão decidiu "assumir as competências para legislar sobre as matérias dirigidas diretamente a garantir a preservação da paz, da soberania, do sistema sócio-econômico e financeiro , os bens do Estado e a preeminência dos direitos dos venezolanos", segundo o decreto.