Chávez foi um dos mais influentes venezuelanos, diz Rajoy

Em um telegrama, Rajoy emitiu suas condolências e do governo espanhol aos parentes de Chávez

Madri - O chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy, transmitiu nesta quarta-feira ao Executivo e ao povo venezuelano seus pêsames pela morte do presidente da república, Hugo Chávez, e afirmou que com sua morte "desaparece uma das figuras mais influentes da história contemporânea da Venezuela".

Em um telegrama emitido ao vice-presidente do país, Nicolás Maduro, Rajoy pediu para o político transferir suas condolências e do governo espanhol aos parentes de Chávez.

"Com a morte do presidente Chávez desaparece uma das figuras mais influentes da história contemporânea da Venezuela", afirmou o presidente do governo espanhol.

Rajoy disse ainda que "nestes momentos de luto" o governo espanhol quer expressar sua vontade de "continuar trabalhando intensamente no fortalecimento dos vínculos bilaterais e das relações de profunda amizade que unem" ambos países e seus cidadãos.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, morreu ontem em Caracas quase três meses após ser operado pela quarta vez de um câncer diagnosticado em junho de 2011. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.