Blair diz que Mandela representa a paz e a reconciliação

O ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair destacou o legado do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela

Londres - O ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair destacou nesta sexta-feira o legado do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, que "representa a paz e a reconciliação".

"Mandela chegou a representar algo que foi muito mais do que uma resolução dos assuntos do "apartheid" e da África do Sul, chegou a representar algo bastante inspirador para o futuro do mundo e para a paz e a reconciliação no século XXI", declarou Blair à "BBC".

Mandela foi "um grande homem", que fez do racismo "não só algo imoral, mas estúpido", acrescentou.

O ex-primeiro-ministro também afirmou que Mandela tinha uma boa relação com o Reino Unido, local "que admirava como país e gostava das pessoas".

Por sua vez, o ex-primeiro-ministro do Reino Unido John Major disse que Mandela deixou uma "marca indelével" pois mostrou ao mundo que "a reconciliação é melhor que as represálias".

O ex-presidente sul-africano fez em 1996 -durante seu mandato- a primeira visita de Estado ao Reino Unido, onde foi recebido pela rainha Elizabeth II.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.