Mundo
Acompanhe:

Biden: pacote contra inflação criará empregos e ajudará famílias

Ele também se referiu ao avanço americano contra a crise climática e afirmou que o país caminha para uma economia verde, limpa

Após mais de um ano de debates no Congresso, com impasse entre os próprios senadores Democratas, foi aprovado o pacote contra inflação (AFP/AFP)

Após mais de um ano de debates no Congresso, com impasse entre os próprios senadores Democratas, foi aprovado o pacote contra inflação (AFP/AFP)

E
Estadão Conteúdo

13 de setembro de 2022, 19h26

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, comemorou a aprovação da Lei de Redução de Inflação em discurso nesta terça-feira, 13, na Casa Branca. "Estou mais otimista do que já estive em toda a minha vida", afirmou. "Hoje, comemoramos a aprovação da Lei de Redução de Inflação, que criará empregos, tornará nosso código tributário mais justo e reduzirá custos para as famílias americanas".

Em agosto, após mais de um ano de debates no Congresso, com impasse entre os próprios senadores Democratas, foi aprovado o pacote contra inflação, considerado uma vitória para o partido.

"Sejamos claros: os democratas ficaram do lado do povo americano com a Lei de Redução da Inflação, e todos os republicanos no Congresso ficaram do lado de interesses especiais", disse Biden ressaltando que a inflação está sob controle, os empregos voltam a surgir e os preços dos combustíveis caem nos EUA.

"Graças à Lei de Redução da Inflação, as pessoas que utilizam o programa federal de seguro saúde (Medicare) não pagarão mais de US$ 2 mil por ano em medicamentos".

Ele também se referiu ao avanço americano contra a crise climática e afirmou que o país caminha para uma economia verde, limpa.

LEIA TAMBÉM:

Biden visita Filadélfia, berço dos EUA, para atacar apoiadores de Trump

Biden e Kamala Harris participam de cerimônias por vítimas do 11 de setembro