Autor de ataque em Londres no fim de semana é identificado

Três pessoas ficaram feridas no bairro de Streatham - nenhuma gravemente - depois de terem sido atacadas com uma faca pelo jovem

Londres – A Polícia Metropolitana de Londres (Met) identificou Sudesh Amman, de 20 anos, que saiu da prisão há uma semana, como o autor do ataque cometido com uma faca contra três pessoas no domingo passado, no sul de Londres.

Três pessoas ficaram feridas no bairro de Streatham – nenhuma gravemente – depois de terem sido atacadas com uma faca pelo jovem, que foi baleado por agentes na rua, em frente a uma famosa rede de farmácias do Reino Unido.

A comissária adjunta da polícia Lucy D’Orsi afirmou em comunicado que o jovem não foi formalmente identificado, mas que os agentes tinham a certeza de que se tratava de Sudesh Amman, de 20 anos.

 

Ele havia sido liberado após cumprir metade da pena de três anos e quatro meses por crimes de terrorismo. De acordo com a imprensa local, ele estava sendo vigiado pela polícia quando invadiu uma farmácia e começou a esfaquear várias pessoas.

A Scotland Yard acrescentou que os oficiais estão procurando casas no sul de Londres e em Bishop’s Stortford, no condado de Hertfordshire.

“Não há detidos e as investigações continuam”, disseram os agentes.

As investigações indicam que o agressor carregava um explosivo falso preso ao corpo. D’Orsi afirmou que os agentes chegaram imediatamente ao local dos fatos e atiraram contra o jovem como parte de “uma operação antiterrorista ativa”.

A área continua isolada e com o trânsito bloqueado por uma forte presença policial enquanto a investigação continua.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, prometeu novas ações em relação às pessoas que estão sendo processadas por terrorismo, após este incidente e o incidente de novembro do ano passado na ponte de Londres, onde um homem que saído da prisão sob acusações de terrorismo também esfaqueou várias pessoas.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.