Aliado de Erdogan é candidato único a suceder premier turco

A decisão foi anunciada pelo porta-voz do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP, islâmico-conservador), Omer Celik

O ministro turco dos Transportes, Binali Yildirim, fiel aliado do presidente Recep Tayyip Erdogan, foi nomeado nesta quinta-feira candidato único do partido no poder para suceder o primeiro-ministro Ahmet Davutoglu, que renunciou.

A decisão foi anunciada pelo porta-voz do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP, islâmico-conservador), Omer Celik.

Yildirim será formalmente designado líder do AKP no domingo, em um congresso extraordinário.

Após o congresso, Davutoglu apresentará formalmente sua renúncia na segunda-feira Erdogan, que confiará a Yildirim a formação de um novo governo.

Tradicionalmente, o presidente do partido no poder é também chefe de governo.

Yildirim, de 60 anos, trabalha com Erdogan desde que foi eleito prefeito de Istambul, em 1994.

É considerado um político mais dócil que Davutoglu, que se opôs ao chefe de Estado em diversas ocasiões, como nas negociações com a rebelião curda, que Davutoglu queria continuar.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.