Agressor de Düsseldorf tem problemas mentais, diz polícia alemã

Homem de 36 anos, que é do Kosovo e mora em Wuppertal, é suspeito de ferir nove pessoas com um machado em uma estação de trem da cidade

Berlim - A polícia da Alemanha disse nesta sexta-feira que acredita que o homem que feriu nove pessoas com um machado, algumas gravemente, na estação central de trem da cidade de Düsseldorf é um doente mental.

O suspeito de 36 anos, que é do Kosovo e mora em Wuppertal, cidade do oeste alemão, fugiu da estação depois do ataque de quinta-feira e saltou de uma ponte próxima, ferindo-se seriamente. Ele foi preso e está hospitalizado.

A polícia diz crer que ele agiu sozinho e informou que as vítimas com ferimentos graves se encontram estáveis.

No final da quinta-feira um porta-voz policial disse que a corporação não está descrevendo a agressão como um "surto" nem como "terrorismo".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.