Marketing

Um drinque da Heineken? Conheça a aposta do grupo para o Carnaval

Amstel VIBES, nova bebida em lata do Grupo Heineken, tem 7,9% de álcool e aroma natural de frutas; produto será lançado em novembro, inicialmente, na região Sudeste do país

 (Divulgação/Grupo Heineken)

(Divulgação/Grupo Heineken)

Juliana Pio
Juliana Pio

Editora-assistente de Marketing e Projetos Especiais

Publicado em 23 de outubro de 2023 às 16h57.

Última atualização em 30 de novembro de 2023 às 11h44.

Uma linha de bebidas prontas alcoólicas, já estabelecida nos Estados Unidos e na Europa, ganha cada vez mais espaço no Brasil, inclusive, entre gigantes da indústria, como o Grupo Heineken. A empresa amplia agora o leque de inovações no segmento ready to drink (RTD) e anuncia o lançamento da Amstel VIBES, que promete ser a nova aposta da companhia para o Carnaval em 2024.

"Embora a cerveja seja paixão nacional, percebemos que entre determinados públicos e ocasiões havia também outras necessidades, como uma bebida com teor alcoólico maior, mais leve e refrescante", diz Cecília Bottai, vice-presidente de marketing do Grupo Heineken no Brasil, em entrevista exclusiva à EXAME.

Com base alcoólica neutra de 7,9% - maior que o da cerveja tradicional, que gira em torno de 5% -, Amstel VIBES é um destilado com aroma natural de fruta, disponível inicialmente em dois sabores: limão e uma mistura de morango com melancia. “É menos complexa que uma cerveja, o que a torna o drinque ideal para momentos de diversão e alta energia”, defende Bottai, que não informa o valor do investimento.

Inicialmente, a bebida estará disponível para compra a partir de novembro nos principais pontos de venda na região Sudeste do país. A latinha de 269 ml, em cor neon que brilha no escuro, tem preço sugerido de R$ 5,99. Mas a ideia é que Vibes ganhe escala até o Carnaval para alcançar mais consumidores na data festiva.

Segundo a executiva, a novidade vem para ampliar o alcance do portfólio da marca nas ocasiões de consumo e atender a uma categoria que cresce globalmente, puxada especialmente pela geração de jovens adultos, que buscam praticidade, conveniência e novas experiências sensoriais.

Mercado de RTD em alta

Pesquisa da InsightAce Analytic estima que até 2030, o mercado de RDT deve atingir US$ 85,5 bilhões. A previsão é que, até 2025, esse tipo de produto seja responsável por 8% de toda a indústria de bebidas alcoólicas, segundo a IWSR, uma das principais fontes de dados e análises do mercado de bebidas alcoólicas.

Conforme explica a vice-presidente de marketing do Grupo Heineken no Brasil, trata-se de um campo promissor, com projeções indicando um aumento de quase 5% em volume e 10% em valor até 2025. “Buscamos investir em pesquisa e desenvolvimento que resultaram em uma bebida que ressoa as preferências dos consumidores.”

A empresa ainda optou pela Amstel por considerar o contexto de mercado e percepção de marca junto ao público consumidor. “A cerveja Amstel é bastante presente em momentos de alta energia, como patrocinadora, por exemplo do Carnaval e da Parada do Orgulho LGBT+. Queríamos aproveitar a força de uma marca nossa que pudesse se conectar aos pilares de liberdade, diversidade e autenticidade”, destaca Bottai.

Em pesquisa feita com consumidores antes do lançamento, mais de 90% afirmaram ter intenção de comprar Amstel VIBES para experimentar. Destes, mais de 70% declararam o sabor como principal fator de escolha da marca, segundo a IWSR.

Acompanhe tudo sobre:bebidas-alcoolicasHeinekenCarnaval

Mais de Marketing

Coca-Cola é a marca mais lembrada em patrocínios de eventos no Brasil; veja ranking

Burger King e Stanley promovem ação com galão térmico a R$ 1; saiba como retirar

Camila Coutinho estreia no Cannes Lions como palestrante nesta quinta, 20

Em Cannes, Musk explica por que xingou anunciantes e tenta aproximação com o mercado publicitário

Mais na Exame