ESG

Grupo Heineken acelera agenda ESG com foco em sustentabilidade e impacto social

Grupo Heineken é destaque na categoria Agronegócio, Alimentos e Bebidas no Melhores do ESG 2023

Escritório da Heineken em São Paulo (Leandro Fonseca/Exame)

Escritório da Heineken em São Paulo (Leandro Fonseca/Exame)

Marina Filippe
Marina Filippe

Repórter de ESG

Publicado em 11 de junho de 2023 às 18h44.

Última atualização em 13 de junho de 2023 às 11h43.

O Grupo Heineken, fabricante de bebidas, teve um 2022 intenso na agenda ESG. Logo no início do ano, Mauro Homem assumiu a vice-presidência de sustentabilidade e assuntos corporativos, criada para aumentar a prioridade do tema nas reuniões do conselho de administração.

Algumas semanas depois, em abril, o grupo anunciou a criação do primeiro instituto da companhia no mundo, operado no Brasil, com foco em ambulantes, catadores de material reciclável e jovens em situação de vulnerabilidade.

“A vice-presidência coloca a agenda ESG em um nível de maturidade mais elevado na companhia e reforça os compromissos públicos.”, diz Mauro Homem.

Agenda ambiental

Na agenda ambiental a companhia tem focado iniciativas como a neutralização de emissões pelo uso de energia renovável. O consumidor final é envolvido no tema por meio de iniciativas como a Energia Verde em Casa, com 20.000 participantes e 500.000 interessados.

Na frente de água, essencial para os negócios do grupo, foi anunciada a implementação de tecnologias na unidade de Igarassu, em Pernambuco, para torná-la referência em eficiência hídrica ao reduzir o consumo de água na produção em 30% em até três anos.

Ações de diversidade

Nas marcas, o grupo trabalha em iniciativas sobre equidade racial com a Devassa, causa animal com a Lagunitas e diversidade LGBTQIA+ com a Amstel. A empresa tem o compromisso de ocupar 40% das posições de liderança com pessoas negras até 2030 e 50% com mulheres até 2026.

Acompanhe tudo sobre:Melhores do ESG 2023HeinekenBebidasDiversidadeEnergia

Mais de ESG

Empreendedorismo feminino, uma força que move a sociedade brasileira

Pesquisa mostra que empresas de bens de consumo fazem análises ESG, mas não rastreiam todo o risco

As soluções da Suvinil para transformar a tinta em um negócio cada vez mais sustentável

Bill Gates quer investir 'bilhões de dólares' em energia nuclear; entenda o motivo

Mais na Exame