Marketing

Havaianas lança coleção Pride — e deixará de separar produtos por gênero

Marca também anunciou extensão dos tamanhos em algumas coleções e 7% do valor líquido das vendas da Pride para ONGs LGBTI+

Havaianas: coleção Pride tem 7% do valor líquido das vendas revertido para ONGs LGBTI+ (Havaianas/Divulgação)

Havaianas: coleção Pride tem 7% do valor líquido das vendas revertido para ONGs LGBTI+ (Havaianas/Divulgação)

Marina Filippe

Marina Filippe

Publicado em 24 de junho de 2020 às 14h11.

Última atualização em 24 de junho de 2020 às 14h34.

A Havaianas acaba de lançar produtos em homenagem aos LGBTI+. A linha é composta de body, street bag, dois novos modelos de sandália e pins.

Do valor líquido das vendas dos itens 7% será revertido para projetos de combate ao preconceito e apoio à comunidade. De forma contínua, a marca apoiará projetos e ONGs ligados à All Out.

"Como ação de marca atrelada a produto e parceria com ação social é a primeira vez que viemos a público com a causa LGBTI+. Mas é uma bandeira que já levantávamos. Em quase 60 anos de história, a Havaianas sempre calçou os pés de todo mundo", diz Fernanda Romano, chefe de marketing da Alpargatas, detentora da marca Havaianas. 

No e-commerce de Havaianas, a partir de setembro, o consumidor terá a opção de  escolher seus produtos por cores, modelos e estilos e não mais os encontrará separados por gênero.

A Havaianas anuncia também a extensão da numeração de mais de 20 produtos. Um exemplo é a linha Glitter, que pode chegar até o tamanho 47/8. A ideia é que, desse modo, todos possam usar as sandálias independentemente do tamanho do pé e do gênero.

“Ao incluir os produtos da linha Pride em nosso portfólio de maneira perene, e ampliar a grade com numerações que atendam a mais pessoas, a Havaianas se compromete a celebrar, incluir e apoiar a comunidade continuamente", afirma Romano.

Inicialmente, a coleção Pride será vendida no Brasil, Estados Unidos e em 16 países da Europa.

 

 

Acompanhe tudo sobre:HavaianasLançamentosLGBT

Mais de Marketing

TNT lança proposta de R$ 10 bilhões para assegurar transmissão da NBA

Vale investe em campanha para se aproximar do consumidor final; diretor explica estratégia

Estrelas pagam R$ 66 mil por curso de negócios na Harvard

Google decide manter cookies; entenda o que isso significa para os anunciantes

Mais na Exame