Marketing

Empresas se mobilizam para ajudar populações afetadas pelas chuvas no RS

Companhias de setores variados, como Mercado Livre, Gol e BRF, promovem ações na tentativa de mitigar os impactos causados pelos desastres naturais que assolam o Sul do país

Vista aérea de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, tirada em 5 de maio de 2024 (Ricardo Stuckert/Brazilian Presidency/AFP)

Vista aérea de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, tirada em 5 de maio de 2024 (Ricardo Stuckert/Brazilian Presidency/AFP)

Juliana Pio
Juliana Pio

Editora-assistente de Marketing e Projetos Especiais

Publicado em 5 de maio de 2024 às 15h01.

Última atualização em 7 de maio de 2024 às 11h49.

Tudo sobreRio Grande do Sul
Saiba mais

Empresas dos mais variados setores no Brasil estão unindo esforços para ajudar as populações atingidas pela maior tragédia climática da história do Rio Grande do Sul. Em face das fortes chuvas e inundações que têm assolado o estado e provocado estragos em diversas cidades, com o mais recente episódio de inundação em Porto Alegre, a solidariedade e a ação conjunta tornaram-se imperativos.

Desde grandes marcas até pequenos negócios locais, todos estão contribuindo de alguma forma para mitigar os impactos desses desastres naturais. Algumas estão direcionando recursos financeiros para apoio emergencial, contribuindo com doações para compra de alimentos, água potável, roupas e itens de primeira necessidade. Outras estão disponibilizando suas estruturas e logística para o transporte e distribuição desses suprimentos às áreas mais necessitadas.

Abaixo, EXAME listou algumas das iniciativas que estão sendo promovidas por diferentes marcas:

Mercado Livre e ONG Ação da Cidadania

O Mercado Livre, junto com o seu banco digital Mercado Pago, anunciou a doação de R$ 1 milhão para a ONG Ação da Cidadania, com o objetivo de fornecer assistência imediata às áreas mais impactadas. Os recursos serão destinados a compras de kits de artigos de uso emergencial como colchões, cobertores, água potável, alimentos de cesta básica, artigos de cama-mesa-banho e higiene pessoal. A entrega dos kits será gerenciada pela própria entidade, em colaboração com a Força Aérea Brasileira.

Usuários do Mercado Pago também podem colaborar, a partir de R$ 5. Por meio do Botão Doar - uma funcionalidade permanente dentro do aplicativo do banco digital - os usuários podem contribuir com doações de apoio à comunidade no RS. Os valores serão revertidos ao atendimento a essas famílias que estão em risco por meio da ONG Ação da Cidadania.

Saiba como ajudar:

  • 1. Abra o app (Google Play ou App Store) do Mercado Pago e clique em ‘Ver Mais’;
  • 2. Em seguida, acesse o botão ‘Doar’, selecione “SOS Chuvas RS” e clique em ‘Doar’;
  • 3. Escolha o valor desejado e faça sua doação.

Instituto Gol e CUFA

O Instituto Gol, braço gestor de inclusão social e desenvolvimento socioeconômico da Gol Linhas Aéreas, e a CUFA (Central Única das Favelas) se uniram em campanha para arrecadar roupas, roupas de cama e banho, itens de higiene pessoal e utensílios domésticos, os quais serão destinados às vítimas das chuvas que perderam suas casas ou estão em situação de vulnerabilidade.

A GOLLOG, unidade de soluções logísticas da Gol, é responsável por receber as doações da CUFA e da população em geral que quiser doar, e transportar aos aeroportos mais próximos das cidades atingidas assim que for possível. Os interessados em prestar colaboração precisam levar as doações devidamente embaladas até o posto de coleta de uma unidade GOLLOG mais próxima. Veja a lista completa de endereços das lojas de coleta aqui (muitas delas funcionam nos aeroportos onde a Gol mantém operações).

Grupo Carrefour Brasil

Todas as lojas do Grupo Carrefour Brasil no Rio Grande do Sul terão congelamento de preços até o dia 31 de maio. Atacadão, Carrefour Varejo - Brasil, Sam's Club Brasil e Nacional vão manter os mesmos preços de todos os produtos, sem exceção. O congelamento terá data-base de 1 de maio.

Na semana passada, em parceria com a Ação da Cidadania, 20 lojas do Grupo Carrefour Brasil no estado passaram a receber arrecadações (alimentos não-perecíveis, kits de higiene pessoal e materiais de limpeza). Devido ao aumento do nível de enchentes, algumas dessas 20 tiveram de ser fechadas temporariamente, mas o grupo segue recebendo doações até 24/05 neste endereços neste link: https://lnkd.in/dAe3cSKw.

Sicredi

As cooperativas da instituição financeira Sicredi estão engajadas em uma campanha de doações para apoiar a população afetada e em zona de risco no RS. As doações recebidas por meio do Pix da Fundação Sicredi serão destinadas à compra de recursos e mantimentos, que serão distribuídos à população dos municípios atingidos. Para contribuir, os interessados podem enviar suas doações voluntárias para a chave pix ajuders@sicredi.com.br, conferindo o nome favorecido como Fundação Sicredi.

Cimed

A Cimed anunciou que vai atender 100% da demanda da Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul nos próximos 60 dias, com itens disponíveis no portfólio. A farmacêutica também vai repor toda a mercadoria perdida de cerca de 1 mil clientes atingidos e doar R$ 1 milhão em medicamentos às instituções parceiras. Além disso, vai enviar duas carretas com 72 mil pacotes de lenços umedecidos para doação e prestar assistência aos funcionários atingidos.

BRF e Marfrig

A BRF, o Instituto BRF e a Marfrig uniram forças para apoiar as vítimas das chuvas da região Sul, por meio de um Fundo de Ajuda Humanitária. Até o momento, as empresas doaram juntas 50 toneladas de alimentos e 5,5 toneladas de ração para o RS. Além disso, a cada R$ 1 doado por voluntários, até o 20 de maio, a BRF e a Marfrig somarão mais R$ 1 cada, duplicando o valor da doação. As doações poderão ser feitas para:

  • Chave PIX: instituto.brf@brf.com
    Banco do Brasil
    Agência: 1893-7
    Conta Corrente: 7341-5
    CNPJ: 15.589.929/0001-75

Instituto Playing For Change

O Instituto Playing For Change em parceria com a NDI Importação e Exportação, DM Share Flights e a ZAH estão arrecadando doações para destinar ao estado vizinho. Um avião está sendo usado na operação, destinando recursos para o Aeroporto de Garibaldi, onde dois helicópteros se encarregam pela distribuição dos mantimentos e medicamentos na região do Vale do Taquari.

Além da distribuição de ajuda humanitária, as aeronaves também prestam assistência para transportar pessoas que necessitam de tratamentos hospitalares de rotina, como hemodiálise. Pelo menos duas viagens já foram feitas somente com medicamentos comprados e distribuídos pela NDI Importação e Exportação. Veja abaixo como ajudar:

  • Doações através de PIX:
    Chave 22.792.042/0001-45 - Instituto Playing For Change Brasil
  • Coleta de doações em Curitiba - PR:
    Instituto Playing For Change Brasil
    Rua João Crysóstomo da Rosa, 200, Cajuru, Curitiba - PR
  • Coleta de doações em Balneário Camboriú - SC:
    NDI Importação e Exportação
    R. 1101, 60, 10° Andar, Centro, Balneário Camboriú - SC

Imply

A empresa de tecnologia Imply, que está ligada a dezenas de clubes e arenas de futebol, entre eles o Internacional, Grêmio e Juventude, disponibilizou recursos e um helicóptero para resgates e transporte de alimentos, medicamentos e geradores para áreas isoladas, além de donativos e equipes de apoio em diversas frentes para auxiliar os impactados. Além disso, a companhia também ofereceu sua infraestrutura e heliponto para os helicópteros da Polícia Civil e de outras organizações. Eles estão fomentando campanhas de doações junto aos seus clientes e parceiros comerciais, e têm equipes auxiliando com doações e recuperação das residências dos atingidos.

Movimento União BR

O Movimento União BR, organização especializada em criar hubs de emergência por todo o Brasil, atuando no RS, em parceria com o governo do estado, Defesa Civil, ONGs locais, cozinhas solidárias e diversas empresas e entidades. Entre elas: Instituto Helda Gerdau, Febraban, Vibra, Itaú Unibanco, Instituto Stone, seguradoras Zurich e Zurich Santander, Latam, Fedex, XP inc, Ultragaz, Grupo Boticário, Ypê, Seguradora HDI, Esportes da Sorte, Instituto Far Hinode, Instituto Lojas Renner, BrazilFoundation, farmacêutica Vitamedic, VNP Advogados, Grupo Trigo, Fundação Gerações e Instituto Carisma. O Instituto da Criança é o gestor financeiro da campanha.

O trabalho do Movimento União BR no RS foi iniciado assim que as chuvas impactaram as cidades em setembro de 2023. A entidade já havia entregado mais de 300 mil itens de limpeza, 190 mil refeições desidratadas nutritivas, 600 colchões, 26 mil vitaminas, toneladas de alimentos, gás, empilhadeira e paleteira para estrutura dos depósitos da Defesa Civil. Ao todo, o Movimento União BR já tinha investido mais de R$ 6 milhões no estado.

Correios e Defesa Civil

A rede de agências dos Correios nos estados de São Paulo e Paraná, além de parte das unidades no RS vão recebero doações para as vitimas das fortes chuvas que deixaram mortos e afetaram mais da metade dos municípios gaúchos. A ação tem início nesta segunda-feira, 6. Os Correios vão aceitar doações de alimentos da cesta básica, produtos de higiene pessoal, material de higiene seco e roupas. O transporte dos itens será realizado sem custos para os doadores.

ONG Visão Mundial

A ONG Visão Mundial, organização humanitária presente no Brasil há mais de 45 anos, prestará assistência e apoio para mais de 3.500 famílias no local, fornecendo cestas básicas, kits de higiene e limpeza. Como foco no apoio psicossocial, entregará 15 mil kits de Ternura - um material lúdico, desenvolvido para amenizar os impactos da emergência. Para ajudar nas doações, a chave-pix da organização para emergências é sos@visaomundial.org

Como as empresas podem ajudar?

Empresas e pessoas físicas podem ajudar o estado por meio de transferência de dinheiro via PIX, diretamente para a conta oficial do governo.

  • PIX (CNPJ): 92.958.800/0001-38
  • Conta SOS Rio Grande do Sul
  • Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul)

Atenção: quando realizar a operação, confirme que o nome da conta que aparece é "SOS Rio Grande do Sul" e que o banco é o Banrisul.

Como fazer doações para o Rio Grande do Sul?

Empresas, grupos de serviço e organizações que desejarem enviar doações deverão contatar previamente a Defesa Civil do Estado no telefone (51) 3120-4255 para tratativas envolvendo a logística do material. As doações estão sendo direcionadas para centros específicos e a Defesa Civil reforça quais produtos e alimentos poderão ser doados. Saiba mais aqui.

Acompanhe tudo sobre:Rio Grande do SulMarcasPorto AlegreESGFree Paywall

Mais de Marketing

Investimento em mídia cresce 23% e alcança R$ 4,5 bilhões

Adeus, Big Mac? McDonald's não vai mais poder usar nome na Europa; entenda

Bacio di Latte lança mini bombom de sorvete no pote

Com alta do uísque, dona da Jim Beam fatura R$ 29 bilhões e anuncia novo nome

Mais na Exame