Comercial perturbador traz os horrores da guerra

Com imagens fortes, campanha de ONG alerta para os horrores da guerra
Campanha da Human Rights Foundation: cenas reais e chocantes (Reprodução)
Campanha da Human Rights Foundation: cenas reais e chocantes (Reprodução)
G
Guilherme DearoPublicado em 02/07/2015 às 16:39.

São Paulo - Um comercial com imagens chocantes e cruéis, sem censuras ou delicadezas. Uma música igualmente perturbadora. Assassiantos, torturas, guerras, mortes.

Assim, tão real e direta, é a nova campanha da ONG Human Rights Foundation, criada pela agência Grey brasileira.

Para falar que as pessoas se transformam em "monstros" na guerra, as imagens reais de conflitos e mortes foram alteradas digitalmente: os rostos dos assassinos e torturadores foram cobertos por máscaras diabólicas com chifres.

Em uma das imagens, a famosa execução de um vietcongue em 1968, em Saigon, durante a Guerra do Vietnã. O vídeo da morte e a fotografia se tornaram famosos em todo o mundo.

Ao final do vídeo "War", a mensagem: "A guerra leva as pessoas a serem monstros. Nos ajude a trazê-los de volta".

Propositalmente chocante, a ideia é incomodar as pessoas que assistirem ao vídeo e levantar um debate sobre a violação dos direitos humanos - que acontece todos os dias em todos os cantos do planeta.

Veja: