Ambev não terá mais pool de produtoras

Companhia desiste do modelo de pré-contratação; seleção ficará a cargo de suas agências

São Paulo – A Ambev não vai mais atuar com um pool de produtoras específico para seus filmes publicitários. As agências que atendem as marcas da companhia (DM9DDB, F/Nazca S&S, AlmapBBDO, Borghierh/Lowe e Africa) agora podem sugerir a produtora de acordo com o trabalho. O objetivo é aumentar a qualidade do que é produzido.

O Brasil era um dos poucos países que ainda se utilizavam do pool de produtoras – processo no qual um anunciante mantém um grupo de produtoras para trabalhar suas campanhas. No último ano, Cine, Zeppelin, Delicatessen, Fulano, Killers, O2 Filmes, ParanoidBR, Prodigo, Sentimental, Movie&Art e Conspiração Filmes faziam parte do pool da Ambev.

A Unilever, que também mantinha essa prática, deixou de adotar o recurso em 2008. O sistema sempre foi criticado pela Apro (Associação Brasileira da Produção de Obras Audivisuais), que sustenta que o método não favorece o setor, uma vez que o preço é o principal fator de decisão.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.