Líderes Extraordinários

O que é feedback positivo e como criar uma cultura de reconhecimento?

Descubra como reconhecimento ajuda a reter talentos, motiva, engaja, fortalece a cultura corporativa e contribui para o aumento da produtividade

Reconhecimento não está relacionado apenas a uma recompensa monetária, também é possível valorizar um funcionário de muitas outras formas. (FG Trade/Getty Images)

Reconhecimento não está relacionado apenas a uma recompensa monetária, também é possível valorizar um funcionário de muitas outras formas. (FG Trade/Getty Images)

Publicado em 25 de junho de 2024 às 10h44.

Ainda hoje, lembro de um evento que participei com o professor Cortella no qual ele repetiu uma frase que, desde então, reverbera na minha forma de agir e me relacionar com as pessoas: corrija no privado, elogie em público!

Com um sentimento de inquietude provocado por esta reflexão, percebo que, atualmente, a impessoalidade, a dispersão e até uma certa “frieza” são características cada vez mais visíveis no ambiente corporativo - ou, até, em grupos de amigos e em nossas famílias, provocadas por rotinas cada vez mais agitadas e pelo excesso da “vivência” no mundo digital.

Nesse cenário, vem se tornando comum uma atitude de menor atenção às pessoas e às experiências cotidianas, de modo que vamos deixando de lado algo que é de graça, tem um grande valor e trata-se de uma estratégia fundamental, muitas vezes subestimada: o tal do reconhecimento ou feedback positivo.

Refletindo sobre isso, me propus a compartilhar dados de alguns estudos relacionados ao tema com o objetivo de fomentar a discussão. O que é feedback positivo, afinal? Por que é tão importante?

Para começar a responder a essa pergunta, vale esclarecer que, especialmente no mundo corporativo, reconhecimento não está relacionado apenas a uma recompensa monetária. É possível valorizar um funcionário de muitas outras formas, inclusive as mais simples, porém, igualmente valiosas.

Partindo desse pressuposto, uma empresa pode desenvolver uma cultura de feedback positivo formal criando diversas iniciativas. Na empresa Engeform, por exemplo, há algumas ações que incentivam a cultura de reconhecimento: café da manhã semestral para homenagear funcionários pelo tempo de casa; nas reuniões de alinhamento bimestrais da companhia, os profissionais que são referência em aplicações de valores da cultura ganham destaque; nesses mesmos encontros, também há espaço de fala para que, independentemente do nível hierárquico, integrantes do time possam apresentar para toda a empresa iniciativas novas, resultados, conquistas e projetos, entre outras.

Cabe salientar que, além do que já estiver proposto pela empresa, os líderes também podem - e devem - adotar uma postura mais sensível em relação aos seus respectivos liderados, reconhecendo-os de uma maneira humana e próxima. Como? Bom, minha dica é estar atento aos detalhes. Um simples convite para um café para que você ouça seu time com atenção, em um momento descontraído, pode fazer toda a diferença, por exemplo.

Além disso, pessoalmente, por e-mail, em uma mensagem, individualmente e em público, é sempre valioso o agradecimento pelo trabalho realizado, pelo esforço a mais, pela ideia dada na reunião, pela ajuda extra, pela preocupação, pela postura... E recomendo: não deixe para falar depois, faça imediatamente, sempre que algo lhe impactar.

Quer começar? Anote em sua agenda datas de aniversários dos seus colegas; pergunte aos integrantes do seu time como estão os estudos, os projetos além da empresa e esteja atento às iniciativas corporativas nas quais estão envolvidos. Descubra pelo que elogiar e reconhecer! Com o tempo, isso se tornará natural.

E se você não está convencido do quanto esse comportamento pode transformar completamente as suas relações, permita-me lhe apresentar alguns dados:

- Recentemente, a Great Place to Work® realizou um estudo com mais de 700 mil participantes que demonstrou, entre outras análises e dados, que um simples “obrigado” pode aumentar 69% a chance de os funcionários se motivarem a fazer esforços extras no trabalho;

- A O.C Tanner, empresa Certificada Great Place To Work®, também aplicou uma pesquisa e identificou que 37% dos participantes afirmaram que se obtivessem mais reconhecimento, se sentiriam mais engajados a produzir mais e melhor;

- A GPTW identificou ainda que uma cultura de reconhecimento ou feedback positivo contribui para que as pessoas avaliem as promoções como justas e se sintam mais à vontade para expor o que pensam e inovar.

Portanto, adotar o simples hábito de reconhecer as pessoas ajuda a reter talentos, motiva, engaja, fortalece a cultura corporativa e contribui para o aumento da produtividade. Além disso, fortalece os vínculos, estimula a compreensão e a sensibilidade, deixa tudo mais leve e, muitas vezes, mais simples.

E você, meu caro leitor, com que nota avalia sua própria capacidade de reconhecer e agradecer? Que tal aproveitar a oportunidade e já reconhecer aquele colega nos comentários?

Acompanhe tudo sobre:branded-contentLíderes ExtraordináriosLiderança

Mais de Líderes Extraordinários

A inteligência artificial a serviço da jornada do paciente

Como se tornar um empresário comprando uma empresa

Apaixone-se pela incerteza: a estabilidade é desestabilizante, e a previsibilidade é uma ilusão

A governança para herdeiros

Mais na Exame