Invest

O apresentador de podcast que comanda um fundo de investimento de US$ 1,6 trilhão

Antes de se dedicar às finanças, Nicolai Tangen foi treinado como interrogador militar na década de 1980

Tangen disse que gosta de tomar café antes do podcast e é adepto de um cochilo de 10 minutos em seu sofá no trabalho

Tangen disse que gosta de tomar café antes do podcast e é adepto de um cochilo de 10 minutos em seu sofá no trabalho

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 11 de abril de 2024 às 13h52.

O podcast "In Good Company" é uma criação de Nicolai Tangen, norueguês  de 57 anos e ex-gerente de fundos de hedge em Londres. Até aí nada de muito empolgante. A grande questão é que em 2020 ele foi nomeado CEO do Norges Bank Investment Management, braço do Banco Central da Noruega que opera o que é conhecido como o fundo de petróleo, enriquecido pelas vastas receitas de petróleo e gás do país.

O fundo nunca foi tão grande como neste ano, com cerca de US$ 1,6 trilhão de ativos. Mas Tangen achava que o negócio - e as pessoas que o administram - poderiam estar mais próximas do público.

"Nosso objetivo é ser o fundo mais transparente do mundo. Percebi que a verdadeira transparência aqui seria mostrar ao povo norueguês o que eles possuem", disse Tangen em uma entrevista ao The Wall Street Journal. "Sabe, somos proprietários de todas essas empresas, temos grandes participações, na verdade, temos acesso a esses CEOs", contou. E ele não está exagerando.

Cada programa que apresenta um líder corporativo geralmente começa com a indicação do número de ações que o fundo norueguês possui dessa empresa, juntamente com o valor, muitas vezes impressionante, desse investimento. (US$ 5 bilhões em ações da Exxon, US$ 4 bilhões em ações da Nvidia e por aí vai).

Nos últimos meses, foram entrevistadas por Tangen os CEOs de Microsoft, Exxon-Mobil e Morgan Stanley, além do co-fundador do Spotify. O entrevistado desta semana é ninguém menos que Elon Musk , dono de Tesla, SpaceX e X. O bilionário, que vem se envolvendo em polêmicas com o ministro do STF, Alexandre de Moraes, era um dos executivos com quem Tangen estava mais tendo trabalho para conseguir marcar uma conversa. Não mais.

O norueguês também demonstrou habilidade em destacar CEOs pouco antes de eles se tornarem conhecidos, incluindo Sam Altman, da OpenAI, e Jensen Huang, da Nvidia, antes do início do boom da IA.

Antes de se dedicar às finanças, Tangen foi treinado como interrogador militar na década de 1980 pelas forças armadas de seu país. Esse programa lhe ensinou habilidades no idioma russo e, posteriormente, ele trabalhou na embaixada norueguesa em Moscou por menos de um ano.

Embora não seja um sucesso, o podcast alcançou cerca de três milhões de downloads no total, de acordo com o fundo. Ele está disponível semanalmente no Spotify e em outras plataformas, incluindo o YouTube.

Acompanhe tudo sobre:Podcasts

Mais de Invest

Após balanço, Nvidia (NVDC34) já vale mais que Amazon (AMZO34) e Tesla (TSLA34) juntas

Senacon notifica 20 operadoras de planos de saúde por cancelamentos de contratos; veja lista

Febraban orienta clientes a dar prioridade a canais digitais por tragédia no Rio Grande do Sul

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, com cautela por política monetária

Mais na Exame