Lucro da Minerva (BEEF3) salta 264% no 2º tri e companhia anuncia R$ 128 mi em dividendos

Frigorífico lucrou R$ 424 milhões no período contra lucro de R$ 116 milhões no mesmo período de 2021
Minvera: companhia registrou salto de mais de 200% no lucro líquido (Ricardo Benichio/Exame)
Minvera: companhia registrou salto de mais de 200% no lucro líquido (Ricardo Benichio/Exame)
Beatriz Quesada
Beatriz Quesada

Publicado em 10/08/2022 às 18:33.

Última atualização em 10/08/2022 às 19:56.

A Minerva (BEEF3) registrou um salto de 263,8% em seu lucro líquido do segundo trimestre, divulgado na noite desta quarta-feira, 10. A companhia lucrou R$ 424,7 milhões, contra R$ 116 milhões apurados no mesmo período do ano passado.

A receita líquida da companhia somou R$ 8,5 bilhões, crescimento de 34,7% quando comparada ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), principal indicador de caixa operacional, alcançou o patamar recorde de R$ 778 milhões no segundo trimestre – crescimento 42,8% na base anual. Já a margem Ebitda foi de 9,2%, alta de 0,5 ponto percentual (p.p.) na base de comparação com 2021.

O índice de alavancagem (relação entre dívida líquida e Ebitda) ficou em 2,3 vezes, ante 2,4 vezes na comparação anual. 

A geração de fluxo de caixa livre no trimestre foi de R$ 254,7 milhões, após despesas financeiras, capex e capital de giro e de fluxo de caixa livre. No segundo trimestre de 2022, os abates da Minerva subiram 19%, para 1,036 milhão de cabeças.

O volume de vendas para o mercado externo aumentou 9,5% no segundo trimestre deste ano, passando de 193,1 mil toneladas para 211,4 mil toneladas. No mercado interno, 110,3 mil toneladas foram vendidas no período – 19,9% a mais do que em igual intervalo de 2021.

Segundo o diretor presidente da companhia, Fernando Galletti de Queiroz, o resultado responde à estratégia de diversificação geográfica da companhia, principal vantagem competitiva da companhia em um contexto de volatilidade nos mercados globais.

Segundo o diretor presidente da companhia, Fernando Galletti de Queiroz, o resultado responde à estratégia de diversificação geográfica da companhia, principal vantagem competitiva da companhia em um contexto de volatilidade nos mercados globais.

“O horizonte no mercado internacional de carne bovina segue bastante promissor para a Minerva Foods: o desbalanceamento do mercado global de proteína bovina continua proporcionando oportunidades únicas, em especial na Ásia e no Oriente Médio, mas também em mercados premium como os Estados Unidos e a Europa, que juntos já respondem por quase 20% das nossas exportações consolidadas”, afirmou Queiroz em carta que acompanha os resultados.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

Dividendos

A Minerva anunciou ainda que seu conselho de administração aprovou a distribuição de R$ 128,1 milhões em dividendos, com pagamento de R$ 0,22 por ação. O pagamento será efetuado em 29 de agosto de 2022, e as ações da Companhia serão negociadas “ex-dividendos”, ou seja, sem direito aos proventos, a partir de 18 de agosto.

(Com agências)

Veja também