Invest

Ibovespa cai em dia morno na bolsa com feriado nos EUA

Ações da Vale e siderúrgicas chegaram a animar os investidores, mas clima negativo prevaleceu

Painel de cotações da B3: Ibovespa tem dia morno com feriado nos EUA (Patricia Monteiro/Bloomberg via/Getty Images)

Painel de cotações da B3: Ibovespa tem dia morno com feriado nos EUA (Patricia Monteiro/Bloomberg via/Getty Images)

Publicado em 4 de setembro de 2023 às 10h46.

Última atualização em 4 de setembro de 2023 às 17h27.

Depois de começar setembro em alta, o Ibovespa caiu nesta segunda-feira, 4, em um dia morno nas bolsas globais. O motivo é o feriado do Dia da Independência nos Estados Unidos, que deixou o pregão regular fechado na maior economia do mundo. 

Sem os investidores americanos, as bolsas do mundo inteiro perdem liquidez, e foi o que aconteceu com o Ibovespa neste início de semana. O principal índice da B3 fechou em leve queda de 0,1%, aos 117.777 pontos.

Ibovespa hoje

  • IBOV: - 0,10%, aos 117.777 pontos

Mais cedo, o índice avançava com a força das ações da Vale (VALE3). A mineradora, com a maior participação do índice, subiu 0,74% em meio às tentativas da China de estimular sua economia, que incluem cortes de juros por bancos centrais. Há expectativas também por medidas diretas para conter a crise em seu setor imobiliário. A redução das restrições para a compra de imóveis estaria nos planos, segundo fontes da Reuters. O Hang Seng, principal índice de ações de Hong Kong, saltou 2,5% nesta madrugada.

A alta da Vale, no entanto, não foi suficiente para segurar o Ibovespa. O clima de aversão a risco por conta do feriado nos EUA prevaleceu, deixando os investidores mais cautelosos. Vale lembrar que a bolsa brasileira ficará fechada na quinta-feira, 7, por conta do feriado de Independência do Brasil, o que também tira tração dos mercados nesta semana. 

"É uma semana mais parada, com feriado nos Estados Unidos e no Brasil. Mas teremos bastante divulgação de Índices de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês), que devem ficar no radar do mercado", comentou Paulo Gala, economista-chefe do Banco Master, em morning call.

No Brasil, investidores também digerem a revisão das expectativas para o crescimento da economia brasileira. A previsão do Boletim Focus passou de 2,31% para 2,56%. Parte dos economistas, contudo, já espera PIB acima de 3% para este ano

O boletim é o primeiro após a divulgação do PIB do segundo trimestre que revelou 0,9% de crescimento no período – o triplo do esperado por economistas. A expansão da economia brasileira frente ao mesmo período do ano passado foi de 3,4% ante projeção de 2,7%. Foi esse resultado, a propósito, que fez o Ibovespa subir forte no pregão passado.

Maiores altas do Ibovespa

O grande destaque entre as ações do Ibovespa ficou com a Minerva, que avançou 4,6%. Os papéis reagiram à possibilidade da companhia acessar o mercado de dívida para financiar a compra de ativos da Marfrig, acertada por R$ 7,5 bilhões.

A companhia começou hoje um roadshow para emitir um bond que levantaria entre US$ 750 milhões e US$ 1 bilhão, segundo o Brazil Journal. O financiamento via bons teria prazos e juros menores que um empréstimo convencional. “Seria mais tranquilo, não aumentaria tanto o endividamento da empresa. Por isso o mercado reagiu bem”, afirmou Gustavo Cruz, analista da RB Investimentos.

Maiores quedas do Ibovespa

  • Magazine Luiza (MGLU3): - 2,80%
  • Yduqs (YDUQ3): - 2,56%
  • Via (VIIA3): - 2,33%

Que horas fecha a bolsa de valores?

O horário de negociação na B3 vai das 10h às 17h. A pré-abertura ocorre entre 9h45 e 10h, enquanto o after-market ocorre entre 17h25 e 17h30. Já as negociações com o Ibovespa futuro ocorrem entre 9h e 17h55.

Veja também

Acompanhe tudo sobre:IbovespaAçõesbolsas-de-valoresVale

Mais de Invest

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2730; prêmio é de R$ 71,9 milhões

Nubank supera Itaú em valor de mercado pela primeira vez em dois anos

Desenrola Fies: prazo para renegociar até 99% da dívida termina na sexta-feira; veja como participar

Enchentes no RS: governo prorroga o prazo de pagamento do IPVA 2024

Mais na Exame