Acompanhe:

O homem mais rico do Brasil hoje é Jorge Paulo Lemann. O empresário é cofundador do grupo 3G Capital, companhia que gere grandes marcas brasileiras e internacionais dos mais variados setores.

De acordo com dados da revista Forbes, esse investidor tem um patrimônio de 13,7 bilhões de dólares, encontrando-se na 133º posição dentre as pessoas mais ricas do mundo. 

Além disso, diversas de suas empresas têm suas ações negociadas na bolsa de valores, como é o caso da Ambev, Kraft-Heinz e Americanas.

Quem são os 10 homens mais ricos do Brasil?

Segue abaixo uma lista com os 10 homens mais ricos do Brasil e uma breve descrição de suas atividades:

1. Eduardo Saverin - US$ 18 bilhões

O investidor brasileiro Eduardo Saverin, cofundador do Facebook

Eduardo Saverin, um empreendedor e investidor-anjo brasileiro, cuja fortuna é estimada em US$ 18 bilhões é o homem mais rico do Brasil, por conta da valorização recente das ações da Meta. Ele é reconhecido como um dos cinco cofundadores do Facebook, ao lado de Mark Zuckerberg, Dustin Moskovitz, Chris Hughes e Andrew McCollum.

Saverin iniciou sua jornada acadêmica na Gulliver Preparatory School, em Miami, antes de ingressar na Universidade Harvard. Foi durante seu primeiro ano na faculdade que ele e Mark Zuckerberg decidiram unir esforços para lançar o Facebook. Saverin desempenhou um papel fundamental na criação da empresa e contribuiu para seu sucesso inicial.

2. Jorge Paulo Lemann - US$ 16 bilhões

Jorge Paulo Lemann, Co-Founder and Board Member, 3G Capital; Board Member, Kraft Heinz, speaks at the Milken Institute’s 21st Global Conference in Beverly Hills

Jorge Paulo Lemann, economista e empresário suíço-brasileiro, é o segundo homem mais rico do Brasil. Sua fortuna tem raízes no Banco Garantia, instituição financeira da qual foi um dos fundadores. O banco se consolidou como um dos principais do país, sendo comparado à versão brasileira do Goldman Sachs pela revista Forbes.

A fortuna de Jorge Paulo Lemann é estimada em US$ 16 bilhões, reforçando sua posição de destaque no cenário econômico nacional.

3. Marcel Herrmann Telles - US$ 11 bilhões

9 - Marcel Herrmann Telles

Marcel Hermann Telles, também economista, ocupa a posição de terceiro homem mais rico do Brasil. Sua trajetória iniciou em 1972, quando ingressou na corretora Banco Garantia, onde teve a oportunidade de conhecer seus futuros sócios, Jorge Paulo Lemann e Carlos Alberto Sicupira.

Um dos marcos em sua carreira foi a aquisição da cervejaria Brahma em 1989, que posteriormente se fundiu com a Antártica, formando a Ambev. Em 2004, a Ambev se uniu à Interbrew, resultando na criação da InBev, a maior cervejaria do mundo. A fortuna de Marcel Hermann Telles é avaliada em US$ 11 bilhões, solidificando sua posição de destaque no cenário econômico brasileiro.

4. Carlos Alberto Sicupira - US$ 9 bilhões

Carlos Alberto da Veiga Sicupira é um renomado empresário e sócio de Jorge Paulo Lemann e Marcel Herrmann Telles na Anheuser-Busch Inbev, a maior cervejaria do mundo, detendo cerca de 25% do mercado global.

Além de seu envolvimento com a InBev, Sicupira é conhecido por seu compromisso com projetos de melhoria da gestão pública e ONGs por meio da Fundação Brava. Ele também é um dos líderes da Fundação Estudar, que tem como foco o desenvolvimento de lideranças. A fortuna de Carlos Alberto Sicupira é estimada em US$ 9 bilhões, refletindo seu sucesso no mundo dos negócios e sua dedicação a iniciativas de impacto social.

5. André Esteves - US$ 8 bilhões

andre-esteves-btg-pactual-investimentos-bolsa-ibovespa

André Santos Esteves é um destacado empresário brasileiro, conhecido por sua atuação no setor financeiro. Ele iniciou sua carreira em 1989 no Banco Pactual e, em 2005, entrou para a lista dos bilionários do Brasil.

Ao longo de sua trajetória, Esteves assumiu importantes cargos no BTG Pactual, incluindo a posição de CEO. Em 2016, tornou-se Senior Partner da instituição, desempenhando um papel estratégico ao aconselhar o banco e contribuir para o desenvolvimento de suas atividades e operações. Sua fortuna é estimada em US$ 8 bilhões, refletindo seu sucesso no mundo dos negócios.

É possível comprar ações da companhia no home broker da corretora através do ticker de negociação BPAC11.

6. Alexandre Behring - US$ 6 bilhões

Alexandre Behring

Alexandre Behring da Costa é um investidor brasileiro, co-fundador e sócio-diretor da 3G Capital, presidente executivo do Restaurante Marcas Internacionais, diretor da Anheuser-Busch InBev e presidente da Kraft Heinz.

Sua trajetória o coloca como um dos líderes de uma nova geração de profissionais financeiros, investidores e gestores com foco no serviço ao consumidor, como destacado pela revista Latin Trade. Sua fortuna é avaliada em US$ 6 bilhões, refletindo seu desempenho no mundo dos negócios.

7. Jorge Moll Filho e família - US$ 5 bilhões

Jorge Moll Filho, fundador da Rede D'Or e bilionário

Jorge Moll Filho é um médico e empresário brasileiro que, atualmente, é presidente do conselho de administração da Rede D’Or São Luiz. A empresa é uma das maiores companhias de hospitais de todo o mundo.

8. Walther Moreira Salles Junior e Joao Moreira Salles - US$ 5 bilhões

Walter Salles é um cineasta brasileiro, reconhecido por sua contribuição ao cinema. Ele é um dos herdeiros de Walter Moreira Salles e também acionista do Itaú Unibanco. Sua fortuna é avaliada em US$ 5 milhões.

João Moreira Salles é um documentarista, roteirista, diretor e produtor de cinema brasileiro, com uma fortuna estimada em US$ 5 bilhões. Ele iniciou sua carreira na indústria cinematográfica influenciado por seu irmão, o diretor de cinema Walter Salles Júnior. Além de seu trabalho no cinema, em 2006 ele fundou a revista Piauí.

9. Pedro Moreira Salles e Fernando Roberto Moreira Salles - US$4,3 bilhões

Pedro Moreira Salles

Pedro Moreira Salles ocupa a posição de presidente do conselho administrativo do Itaú Unibanco e do conselho diretor da Federação Brasileira de Bancos. Sua atuação nessas importantes instituições do setor financeiro demonstra seu papel de liderança e influência no cenário bancário brasileiro. Sua fortuna é avaliada em US$ 4,3 milhões.Fernando Roberto Moreira Salles faz parte de uma das famílias mais influentes no cenário econômico brasileiro. Com uma fortuna avaliada em US$ 4,3 bilhões, o empresário é um dos acionistas de destaque do Itaú Unibanco e da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM).

10. Maurizio Billi - US$3,7 bilhões

Por fim, Maurizio Billi, com uma fortuna avaliada em US$3,7 bilhões, exerce a função de presidente da Eurofarma, uma multinacional farmacêutica com presença em mais de 20 países e destaque como uma das maiores fabricantes de medicamentos no Brasil.

Com um foco específico no mercado latino-americano, a Eurofarma alcançou uma significativa participação de 87% nessa região, resultado de investimentos de longo prazo. A liderança de Billi na empresa contribui para a consolidação e expansão do negócio.

Confira outros conteúdos como esse em nosso Guia de Investimentos, como:

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
As 10 maiores empresas do Brasil - Petrobras, Vale e Itaú estão na lista
seloGuia de Investimentos

As 10 maiores empresas do Brasil - Petrobras, Vale e Itaú estão na lista

Há 22 horas

O que é sindicato? Para que serve, funções, tipos
seloGuia de Investimentos

O que é sindicato? Para que serve, funções, tipos

Há 22 horas

CPA-20: o que é, como funciona, o que cai na prova e como tirar a certificação
seloGuia de Investimentos

CPA-20: o que é, como funciona, o que cai na prova e como tirar a certificação

Há um dia

O que é uma instituição financeira e quais tipos existem?
seloGuia de Investimentos

O que é uma instituição financeira e quais tipos existem?

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais