Acompanhe:

Por que o bitcoin está subindo? Criptomoeda bate novo recorde de preço em 2023

Bitcoin ultrapassa US$ 44 mil e atinge maior cotação do ano; entenda o que está acontecendo

Modo escuro

Continua após a publicidade
A pastel toned, multi-coloured image of two toned generic coin with Bitcoin symbol, arranged in a row, or chain along a curve against a multi coloured background. Denotes concept of block-chain and crypto-currency. With lots of copy space. (Getty Images/Reprodução)

A pastel toned, multi-coloured image of two toned generic coin with Bitcoin symbol, arranged in a row, or chain along a curve against a multi coloured background. Denotes concept of block-chain and crypto-currency. With lots of copy space. (Getty Images/Reprodução)

Nesta terça-feira, 5, o bitcoin bateu um novo recorde de preço para este ano. A maior criptomoeda do mundo em valor de mercado vem obtendo cotações cada vez mais altas nos últimos dias e, desta vez, ultrapassou os US$ 44 mil, maior preço de 2023.

No momento, o bitcoin é cotado a US$ 43.721, com alta de 4,32% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. No entanto, ainda hoje a principal criptomoeda chegou a US$ 44.062, um novo recorde nos últimos 20 meses.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Por que o bitcoin está subindo?

Há alguns meses o bitcoin vem em uma escalada de alta através do otimismo renovado de investidores após a solicitação da BlackRock, maior gestora de ativos do mundo, para um ETF de bitcoin à vista nos EUA. Desde então, uma série de notícias e fatores macroeconômicos vem impulsionando o preço da maior criptomoeda do mundo para cima.

Segundo João Galhardo, analista de research da Mynt, plataforma de criptoativos do BTG Pactual, o bitcoin “segue sua tendência de alta fomentada pela perspectiva de um 2024 promissor para o mercado cripto, com potenciais ETFs à vista na bolsa norte-americana e um cenário macroeconômico benéfico para ativos de risco”.

“Os investidores parecem estar percebendo seus níveis de subexposição ao mercado das criptomoedas, corrigindo isso com aquisições que têm elevado os preços”, comentou Galhardo à EXAME, acrescentando que “a recente alta resultou na liquidação de mais de US$ 50 milhões em contratos futuros com posições short, desenvolvimento que desencadeou um efeito cascata, ampliando a escalada dos preços devido ao aumento da pressão compradora diretamente ocasionada pelas liquidações”.

Ainda vale a pena investir em bitcoin?

Na última segunda-feira, 4, especialistas do mercado cripto já comentaram sobre as possibilidades do bitcoin continuar subindo até o final do ano. Para o próximo ano, as expectativas também são otimistas, com uma possível aprovação do ETF de bitcoin à vista nos EUA e o halving, evento que corta a emissão da principal criptomoeda pela metade.

No momento, o novo recorde estabelece uma premissa otimista para o mercado e seus investidores, apontou Galhardo à EXAME.

“Novos recordes de preços são sempre significativos para o mercado, pois uma máxima anual tende a atrair mais investidores, motivados pelo fenômeno conhecido como ‘FOMO’, ou ‘medo de ficar de fora’ em português. Esse interesse crescente resulta em fluxos adicionais de capital para o mercado de criptomoedas, estabelecendo um ciclo virtuoso que pode levar a um bull market sustentado”, concluiu o especialista.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Donos de token do Coritiba recebem mais de R$ 1 milhão por venda de jogador Dodô
Future of Money

Donos de token do Coritiba recebem mais de R$ 1 milhão por venda de jogador Dodô

Há 11 horas

Muitos vão desejar ter entrado no Drex assim como no início do bitcoin, diz executivo da Elo
Future of Money

Muitos vão desejar ter entrado no Drex assim como no início do bitcoin, diz executivo da Elo

Há 13 horas

Empresas de criptomoedas somam R$ 450 bilhões em investimentos desde 2017
Future of Money

Empresas de criptomoedas somam R$ 450 bilhões em investimentos desde 2017

Há 13 horas

Concurso da Caixa: banco exige conhecimentos em bitcoin, blockchain e Drex
Future of Money

Concurso da Caixa: banco exige conhecimentos em bitcoin, blockchain e Drex

Há 14 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais