Acompanhe:

A BlackRock, uma gestora com mais de US$ 8 trilhões (R$ 40 trilhões, na cotação atual) em ativos sob gestão, anunciou nesta terça-feira, 5, que fechou o primeiro acordo de compra de participação no seu futuro, e bastante aguardado, fundo negociado em bolsa (ETF) de preço à vista do bitcoin.

De acordo com a gestora, a operação envolveu o aporte de US$ 100 mil (pouco menos de R$ 500 mil, na cotação atual) em um "capital semente", ou "seed capital" em inglês. A compra ocorreu em 27 de outubro deste ano, resultando na aquisição de 4 mil ações do fundo, com um preço de US$ 25 por ação.

A identidade do investidor não foi revelada. A expectativa é que o capital obtido seja usado para financiar a criação do próprio ETF de bitcoin, resultando posteriormente em uma oferta pública no mercado para a compra e a venda de ações do fundo, em uma data ainda não definida.

  • Para você que adora ler notícias de crypto, a Mynt é o aplicativo ideal para você. Invista e aprenda sobre crypto ao mesmo tempo com conteúdos descomplicados para todos os públicos. Clique aqui para abrir sua conta.

ETF da BlackRock

O ETF da BlakcRock recebeu o nome de iShares Bitcoin Trust. O pedido de lançamento do fundo no mercado está sob análise da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, a SEC. Atualmente, os Estados Unidos não contam com nenhum ETF de preço à vista da criptomoeda, apenas de preços futuros.

Entretanto, a expectativa do mercado é que o pedido da BlackRock e de outras 12 gestoras para lançarem seus próprios ETFs de bitcoin à vista deverá ser acatado pelo regulador. As projeções mais recentes indicam que essa aprovação deverá ocorrer em janeiro do próximo ano.

As especulações em torno da aprovação desses fundos animaram os investidores nas últimas semanas. Com o fortalecimento das expectativas sobre o tema, o bitcoin disparou e acumula valorização de mais de 150% em 2023, no momento cotado no maior preço do ano.

Apesar das outras gestoras também ajudarem com essa animação, a possível entrada da BlackRock no mercado de criptomoedas é o que traz mais euforia para os investidores. A expectativa é que, mesmo com uma alocação pequena do capital dos clientes da gestora, o lançamento do ETF já resulte em uma entrada massiva de capital no setor.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
‘Acreditamos muito em moedas digitais’, diz CEO da Mastercard no Brasil
Future of Money

‘Acreditamos muito em moedas digitais’, diz CEO da Mastercard no Brasil

Há 5 horas

Bank of America e Wells Fargo vão oferecer ETFs de bitcoin para clientes
Future of Money

Bank of America e Wells Fargo vão oferecer ETFs de bitcoin para clientes

Há 7 horas

JPMorgan diz que bitcoin pode cair para US$ 42 mil após halving em abril
Future of Money

JPMorgan diz que bitcoin pode cair para US$ 42 mil após halving em abril

Há 9 horas

ETF de bitcoin da BlackRock chega a US$ 10 bilhões em tempo nunca antes visto no mercado
Future of Money

ETF de bitcoin da BlackRock chega a US$ 10 bilhões em tempo nunca antes visto no mercado

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais