• AALR3 R$ 19,75 0.00
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,47 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,75 1.44
  • AERI3 R$ 4,44 18.40
  • AESB3 R$ 10,73 0.85
  • AGRO3 R$ 31,86 -0.62
  • ALPA4 R$ 21,68 -0.55
  • ALSO3 R$ 19,94 1.27
  • ALUP11 R$ 26,32 0.27
  • AMAR3 R$ 2,40 7.62
  • AMBP3 R$ 29,41 -1.14
  • AMER3 R$ 23,70 2.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,56 3.35
  • ARZZ3 R$ 82,92 0.52
  • ASAI3 R$ 15,36 -0.78
  • AZUL4 R$ 21,17 2.37
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
  • AALR3 R$ 19,75 0.00
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,47 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,75 1.44
  • AERI3 R$ 4,44 18.40
  • AESB3 R$ 10,73 0.85
  • AGRO3 R$ 31,86 -0.62
  • ALPA4 R$ 21,68 -0.55
  • ALSO3 R$ 19,94 1.27
  • ALUP11 R$ 26,32 0.27
  • AMAR3 R$ 2,40 7.62
  • AMBP3 R$ 29,41 -1.14
  • AMER3 R$ 23,70 2.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,56 3.35
  • ARZZ3 R$ 82,92 0.52
  • ASAI3 R$ 15,36 -0.78
  • AZUL4 R$ 21,17 2.37
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
Abra sua conta no BTG

LaBitConf: legislação, mineração e o potencial das criptomoedas

Nesta quarta-feira, a conferência promoveu 18 diferentes painéis para ampliar a discussão sobre criptomoedas na América Latina
 (Getty Images/NurPhoto)
(Getty Images/NurPhoto)
Por Lucas JosaPublicado em 18/11/2021 13:33 | Última atualização em 19/11/2021 10:05Tempo de Leitura: 3 min de leitura

por Camila Rioja Arantes*

Na última quarta-feira, 17, tivemos o primeiro dia oficial da LaBitConf. Como muitos já devem saber, El Salvador também é bastante conhecido pelo surf, então a temática da conferência não podia ser outra. O espaço foi ambientalizado para parecer a maior praia cripto do mundo e também contamos com artistas locais personalizando pranchas por ali.

LaBitConf

Pranchas personalizadas na LaBitConf (Camila Rioja/Divulgação)

Com o intuito de mostrar projetos e produtos que estão moldando a infraestrutura para a revolução financeira e criar um espaço de troca entre a comunidade cripto global - e até, quem sabe, proporcionar parcerias - os estandes dominaram boa parte do evento e devem ficar expostos até amanhã. Alguns dos nomes presentes foram Mercado Bitcoin, Celo, Paxful, Ripio, FTX, Moss, e outras organizações.

Discutir, de fato, meios de ampliar a legislação sobre criptomoedas é essencial para esse avanço. Por isso, tive a oportunidade de participar do workshop “Clínica Legal: conversas e negócios 1 a 1” com advogados internacionais onde discutimos as diferentes nuances legais acerca dos criptoativos. El Salvador é o primeiro país a adotar o bitcoin como moeda oficial e isso mostra uma crescente evolução da região na discussão sobre blockchain.

Com a ideia de democratizar todo esse conhecimento entre os cidadãos salvadorenhos, o museu de El Salvador sediou o Adopting Bitcoin, um evento preparatório para discutirmos o porquê e como a adoção de tecnologias blockchain e o Bitcoin podem auxiliar a economia local.

Para levar essas conversas ao outro nível, palestrantes convidados também tiveram a chance de se apresentar na LaBitConf na última quarta-feira, em painéis como “Diferentes alternativas para a compra de criptomoedas”, “Blockchain 4 Humanity Awards” e “Bitcoin como renda universal e motor do desenvolvimento social e econômico”.

E depois de 48h codando diferentes soluções, os vencedores do hackathon, que se iniciou na segunda-feira, também foram anunciados. A empresa que ficou com o primeiro lugar foi a Biota, que apresentou um projeto em blockchain para preservar o meio ambiente - o que, de certa forma, conseguiu relacionar a solução com questões importantes levantadas durante a COP26.

E para mostrar como tudo isso funciona na prática, amanhã a conferência vai abrigar uma feira de artesanato local, onde todos os comerciantes irão vender em Bitcoin. Continue acompanhando aqui no site e também nas redes sociais do Future of Money.

Camila Rioja Arantes é head da cLabs no Brasil e em El Salvador e trabalha na Celo. É membro do Conselho Editorial do MIT Computational Law Report. Advogada há mais de 10 anos, é pós-graduada em Economics for Competition Law pela King’s College London. Camila também é co-organizadora do São Paulo Legal Hackers e atuou como mentora no HackBrazil, uma iniciativa liderada por Harvard e MIT, assim como jurada do Inclusive Innovation Challenge do MIT. Já trabalhou em casos como a Operação Lava Jato, Cartel de Trem e Metrô e a fusão de US$ 135 bilhões da DowDupont. Camila também acumula passagens pelo Insper, FAAP, Escola Paulista de Direito e University College London como professora convidada.

Veja Também

Criadores do Twitter e da FTX batem boca sobre bitcoin em rede social
Future of Money
Há 16 horas • 3 min de leitura

Criadores do Twitter e da FTX batem boca sobre bitcoin em rede social

Como as criptomoedas estão se tornando mais ESG
Mercados
Há 17 horas • 5 min de leitura

Como as criptomoedas estão se tornando mais ESG

44 países se reúnem em El Salvador para discutir adoção do bitcoin
Future of Money
Há 18 horas • 3 min de leitura

44 países se reúnem em El Salvador para discutir adoção do bitcoin

Por que o Nubank (NUBR33) investiu R$ 136 milhões em Bitcoin?
Onde Investir
Há 18 horas • 12 min de leitura

Por que o Nubank (NUBR33) investiu R$ 136 milhões em Bitcoin?

O que aconteceu com a Luna: criptomoeda perde bilhões e vai a quase zero
Future of Money
Há 19 horas • 1 min de leitura

O que aconteceu com a Luna: criptomoeda perde bilhões e vai a quase zero