Future of Money
Acompanhe:

KPMG cita potencial dos criptoativos e investe reservas em bitcoin e ether

O gigante da contabilidade anunciou a compra dos ativos para seu tesouro, primeiro passo no otimismo da empresa com criptoativos, que deve continuar com exploração da Web3 e do metaverso

Braço canadense do gigante KPMG investiu parte de seu tesouro em criptomoedas como bitcoin e ether (AlexSava/Getty Images)

Braço canadense do gigante KPMG investiu parte de seu tesouro em criptomoedas como bitcoin e ether (AlexSava/Getty Images)

G
Gabriel Marques

7 de fevereiro de 2022, 18h34

O gigante da contabilidade KPMG anunciou que seu braço canadense adicionou bitcoin e ether a seu portfólio de tesouraria. A empresa holandesa, que teve faturamento de aproximadamente US$ 32 bilhões no ano fiscal de 2021, não quis revelar o valor do investimento.

A operação canadense, com base em Toronto, oferece serviços de consultoria, auditoria e contabilidade. Nesta segunda-feira, 7, divulgou que parte de seu tesouro foi aplicado em bitcoin e ether, após a aprovação de um comitê de governança revisar os riscos regulatórios, de custódia e de reputação que a aquisição poderia trazer.

Segundo o sócio e líder da consultoria sobre blockchain da KPMG Canadá, Kareem Sadek, a empresa está "adotando uma postura prudente com os criptoativos". Ele comentou em entrevista ao Blockworks: “Esta é somente uma das várias iniciativas que estamos olhando no mundo dos criptoativos. A KPMG no Canadá está otimista com as criptomoedas. Acreditamos que estão aqui para ficar e consideraremos outras oportunidades de investimento no futuro”, apontando que a empresa pode vir a investir em outros ativos digitais além de bitcoin e ether.

Para o futuro próximo, a KPMG pretende tornar possível a participação institucional na Web 3.0, com foco no metaverso, nos NFTs e nas Organizações Descentralizadas Autônomas (DAOs), disse Sadek.

Desde que a MicroStrategy de Michael Saylor anunciou seus investimentos em bitcoin, em agosto de 2020, outras empresas têm visto os criptoativos como uma área de grande oportunidade e crescimento. Recentemente, a empresa de softwares corporativos comprou mais US$ 25 milhões em bitcoin. Outras grandes empresas, como o MercadoLivre e a Tesla, entre várias outras, também já seguiram pelo mesmo caminho.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok