Justiça determina liquidação de fundo cripto bilionário e derruba preço do bitcoin

Decisão de corte das Ilhas Virgens Britânicas determina dissolução do Three Arrows Capital e aumenta apreensão no mercado cripto, que sofre com sequência de notícias negativas
Sequência de notícias negativas derruba preço do bitcoin e outras criptomoedas (Chesnot/Getty Images)
Sequência de notícias negativas derruba preço do bitcoin e outras criptomoedas (Chesnot/Getty Images)
G
Gabriel Rubinsteinn

Publicado em 29/06/2022 às 10:48.

Última atualização em 29/06/2022 às 10:53.

Um tribunal das Ilhas Virgens Britânicas decidiu, no início desta semana, pela liquidação do fundo de criptoativos Three Arrows Capital (3AC). A notícia, divulgada nesta quarta-feira, 29, voltou a derrubar o mercado, afetando fortemente o preço do bitcoin e de outras criptos.

A informação, divulgada inicialmente pelo SkyNews, afirma que a Justiça convocou a Teneo Restructuring, baseada em Nova York (EUA), para comandar o processo de falência do fundo, que foi criado em 2012.

Os problemas com o 3AC começaram em meados de junho, quando a queda do mercado cripto provocou uma sequência de liquidações no portfólio do fundo, estimadas em pelo menos US$ 400 milhões. A corretora cripto Voyager Digital, chegou a informar um calote da 3AC depois que o fundo falhou com os pagamentos de 15.250 BTC (equivalentes a US$ 305 milhões) e US$ 350 milhões em USDC.

A 3AC era um importante investidor do mercado cripto nos últimos anos, com investimentos em diferentes setores da indústria, como NFTs, DeFi, protocolos em blockchain e empresas ligadas a este mercado. Por conta do grande volume de investimentos, a confirmação da dissolução do fundo teve impacto imediato nos preços dos criptoativos.

Logo após a divulgação da notícia, o bitcoin chegou a cair mais de 5%, voltando a ser negociado abaixo de US$ 20.000 depois de esboçar uma reação na última semana. No momento, a principal criptomoeda do mundo é cotada em US$ 20.100, com queda de 4,5% nas últimas 24 horas.

O ether, criptomoeda nativa da rede Ethereum, tem queda ainda mais expressiva, de 9,5%, negociado a US$ 1.110. As criptomoedas de Solana, Polkadot, Shiba Inu, Avalanche e Lido são outras do top 20 de maiores criptos por valor de mercado com quedas de dois dígitos nas últimas 24 horas.

Teneo e 3AC ainda não se manifestaram oficialmente sobre a decisão judicial, mas outras notícias negativas também afetam o mercado. A começar pela onda de demissões nas maiores empresas do setor, que não é novidade mas segue fazendo vítimas: desta vez, rumores indicam mais de 300 demissões na gigante Huobi.

Além disso, Sam Bankman-Fried, CEO da FTX, afirmou em entrevista recente à Forbes que "existem algumas corretoras cripto de terceiro escalão que estão secretamente insolventes", deixando parte dos investidores apreensivos.

A maré de notícias negativas impulsiona o preço dos ativos digitais para baixo, intensificando um movimento de baixa observado em mercados de risco - S&P 500 e, principalmente, Nasdaq, com o qual o mercado cripto tem forte correlação, também operam em queda, empurrados pelo cenário macroeconômico global, apreensivo enquanto espera a divulgação de dados sobre a inflação nos EUA na próxima sexta-feira, 1.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok