• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Fintech inglesa desembarca no Brasil para oferecer renda passiva com DeFi

Em entrevista, o CEO da Token.com, fintech voltada para o setor de DeFi, explica porquê o Brasil foi escolhido para a estreia, e como pretende popularizar as finanças descentralizadas
 (Getty Images/putilich)
(Getty Images/putilich)
Por Gabriel MarquesPublicado em 08/03/2022 10:56 | Última atualização em 09/03/2022 10:57Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Token.com, do grupo Monolith, anunciou nesta terça-feira, 8, sua chegada ao Brasil. Com a proposta de prover serviços de DeFi de forma segura, sem taxas, carência ou investimento mínimo, seu primeiro produto será uma carteira de stablecoin com lastro em dólar, e rendimento estimado em 12% ao ano, além da variação da moeda norte-americana frente ao real.  Em entrevista à EXAME, William Ou, CEO da empresa explicou o porquê da escolha do mercado brasileiro e como pretende popularizar as finanças descentralizadas no país.

“Escolhemos o Brasil como primeiro país para lançamento da Token.com por critérios econômicos e demográficos. A inflação galopante e as altas taxas de juros tornam o país um celeiro para as fintechs”, disse Ou. “Nossa proposta é tornar os ganhos do universo cripto acessíveis a todos. Tudo sem taxas ou valor mínimo de depósitos. Queremos atingir a marca de 250 mil usuários até o final do ano”, comentou o executivo que também é CCO do grupo Monolith.

Os retornos dessa solução são atrelados a empréstimos com criptoativos como garantia realizados no protocolo de DeFi Anchor, no blockchain Terra. A Anchor funciona com smart contracts, ou seja, no caso da inadimplência, as garantias são automaticamente utilizadas para cobrir possíveis danos financeiros.

O objetivo é sanar três problemas que os investidores encontram ao começar a investir em cripto: grandes perdas financeiras em decorrência da volatilidade, processos complexos para começar a aportar e a oferta pequena em aplicações com interface amigável no ambiente mobile.

“Os investimentos via aplicações DeFi oferecem rendimentos superior às finanças tradicionais por eliminar intermediários, como os bancos. Contudo, o acesso às plataformas ainda é muito complexo. Desta forma, elas ficam restritas apenas aos usuários mais avançados. Plataformas como a Token.com são essenciais para a popularização porque democratizam o acesso ao eliminar esses empecilhos”, completou Ou.

Sobre a segurança da aplicação, tendo em vista os recentes hacks DeFi, o CEO afirma que a empresa-mãe da Token.com, a Monolith, startup por trás de um dos primeiros cartões de débito que permitem o uso de criptomoedas para compras, tem um histórico “exemplar”. Além disso, no processo de seleção dos protocolos de DeFi que podem ser acessados pelo app, é feita uma auditoria interna e externa por uma empresa terceirizada, a fim de proporcionar ainda mais segurança para os usuários.

O lançamento do aplicativo está previsto para esse trimestre no Brasil, mas aqueles que tem interesse podem acessar o site da empresa a partir do dia 7 de março e aproveitar um bônus de 25% no retorno dos aportes até o final de março. De acordo com o comunicado da companhia, os early adopters serão fundamentais para a construção e desenvolvimento da plataforma.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Veja Também

Pesquisa do Fed revela que 40 milhões de americanos usam criptomoedas
Future of Money
Há 11 horas • 3 min de leitura

Pesquisa do Fed revela que 40 milhões de americanos usam criptomoedas

Golpes com criptomoedas e NFTs: como evitar ser a próxima vítima
Future of Money
Há 12 horas • 1 min de leitura

Golpes com criptomoedas e NFTs: como evitar ser a próxima vítima

Conta de artista famoso é invadida e hackers roubam R$ 2,1 mi em NFTs
Future of Money
Há 12 horas • 2 min de leitura

Conta de artista famoso é invadida e hackers roubam R$ 2,1 mi em NFTs

Criptoativos são destaque no Fórum Econômico Mundial em Davos
Future of Money
Há 12 horas • 3 min de leitura

Criptoativos são destaque no Fórum Econômico Mundial em Davos

Autor de Pai Rico, Pai Pobre comenta Fórum de Davos e recomenda bitcoin
Future of Money
Há 13 horas • 4 min de leitura

Autor de Pai Rico, Pai Pobre comenta Fórum de Davos e recomenda bitcoin

Clube dos investidores entediados: NFTs entram no olho do furacão
Future of Money
Há 15 horas • 4 min de leitura

Clube dos investidores entediados: NFTs entram no olho do furacão