Decentraland e marketplace de luxo preparam semana de moda no metaverso

Em conjunto com a UNXD, o metaverso Decentraland sediará uma semana de moda completamente virtual em março
A UNXD foi responsável pelos NFTs exclusivos da Dolce & Gabbana (Idris Solomon/Reuters)
A UNXD foi responsável pelos NFTs exclusivos da Dolce & Gabbana (Idris Solomon/Reuters)
C
Coindesk

Publicado em 28/12/2021 às 18:00.

Última atualização em 28/12/2021 às 18:35.

O marketplace de luxo UNXD, que é construído na rede Polygon, e a Decentraland, uma plataforma de realidade virtual construída no blockchain Ethereum, planejam oferecer uma semana de moda no metaverso com desfiles, lojas pop-up e afterparties em março.

O programa de moda, que é o primeiro da Decentraland, acontecerá de 24 a 27 de março. O evento permitirá que os usuários vejam a moda em um ambiente virtual e comprem roupas para seus avatares online.

Em uma publicação no Twitter no domingo, 26, a Decentraland pediu que designers, marcas e fashionistas tenham suas coleções virtuais prontas para se apresentar no metaverso.

O interesse pelo metaverso, ambiente gerado pela convergência de mundos virtuais, realidade aumentada e serviços de internet, explodiu nos últimos meses. Ao oferecer uma experiência virtual coletiva, introduziu novas oportunidades para criadores, jogadores e artistas. O metaverso pode representar uma oportunidade de receita anual de mais de 1 trilhão de dólares, segundo a Grayscale em um relatório no início deste ano.

Em outro sinal de maior interesse, o Facebook mudou recentemente seu nome corporativo para Meta e anunciou que seu metaverso oferecerá suporte a tokens não fungíveis (NFTs).

Em setembro, a UNXD trabalhou com a marca italiana de alta costura Dolce & Gabbana no lançamento sua coleção de NFTs, a Collezione Genesi, que arrecadou aproximadamente 5,65 milhões de dólares em apenas uma venda.

Com o evento, a Decentraland está trilhando um caminho já aberto pelo aplicativo de mídia social sul-coreano do metaverso, Zepeto, de acordo com uma reportagem da BBC.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok