Future of Money

Criador do USDT diz que a China vai reabrir portas para cripto: "é inevitável"

Cofundador de empresa por trás da maior stablecoin do mundo em valor de mercado acredita que mudança de abordagem da China para criptoativos é apenas questão de tempo

Bitcoin tem fim de semana de alta volatilidade, após nova ameaça da China | Foto Marc Bruxelle (Marc Bruxelle/Getty Images)

Bitcoin tem fim de semana de alta volatilidade, após nova ameaça da China | Foto Marc Bruxelle (Marc Bruxelle/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 3 de junho de 2024 às 18h19.

Última atualização em 3 de junho de 2024 às 18h35.

Tudo sobreCriptoativos
Saiba mais

Brock Pierce, cofundador da Tether, empresa por trás da stablecoin USDT, acredita que a China pode mudar sua abordagem dura aos criptoativos. E isso seria apenas uma questão de tempo, já que "é inevitável”.

Ao South China Morning Post, Pierce abordou o tema recentemente. Há alguns anos, a China proibiu atividades comerciais relacionadas às criptomoedas. Na época, o país se destacava principalmente no setor de mineração de bitcoin, dando o primeiro lugar aos Estados Unidos após a proibição.

“A China vai se abrir [às criptomoedas]? … Eu diria que é inevitável. A questão não é tanto se, mas sim quando”, disse ele.

De olho em Hong Kong

A Tether é a empresa por trás da stablecoin atrelada ao dólar, a USDT, que é maior do mundo com US$ 112 bilhões em valor de mercado. A empresa, um gigante do setor cripto, também estaria interessada no mercado de Hong Kong, que aprovou ETFs de bitcoin e ether à vista recentemente, além de uma legislação para investidores de criptoativos.

“Acho que Hong Kong está à frente em muitos aspectos. Acho que a principal oportunidade em Hong Kong está no comércio e é aí que uma stablecoin digital em dólar de Hong Kong tem um potencial tremendo.”

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:ChinaCriptoativosCriptomoedas

Mais de Future of Money

União Europeia vai apoiar projeto que usa blockchain para criar soluções de sustentabilidade

ETFs de Ethereum podem atrair US$ 10 bilhões e levar cripto à máxima histórica, diz analista

Show com Lauryn Hill e Mano Brown no Allianz Parque lança NFTs comemorativos

Governo da Alemanha conclui vendas de bitcoin e soma R$ 15 bilhões arrecadados

Mais na Exame