ESG

Apoio:

logo_suvinil_500x252
Logo TIM__313x500
logo_unipar_500x313
logo_espro_500x313
logo_engie_500X252

Parceiro institucional:

logo_pacto-global_100x50

TIM ultrapassa meta de reciclagem de resíduos sólidos prevista para 2025

Companhia de telecomunicações ainda reduziu suas emissões de CO2 em 80% dos escopos 1 e 2 no último ano

Até o final de 2024, 60% da energia utilizada pela empresa será de fontes renováveis, com mais de 130 usinas em operação (Alessia Pierdomenico/Bloomberg)

Até o final de 2024, 60% da energia utilizada pela empresa será de fontes renováveis, com mais de 130 usinas em operação (Alessia Pierdomenico/Bloomberg)

Letícia Ozório
Letícia Ozório

Repórter de ESG

Publicado em 18 de junho de 2024 às 07h00.

Em 2023, a Tim alcançou a marca de cobrir todos os municípios brasileiros com a rede 4G e reciclou 96% dos resíduos sólidos, ultrapassando a meta prevista para 2025. A empresa reduziu as emissões de CO2 em 80% nos escopos 1 e 2 em comparação com cinco anos atrás, e está em busca de soluções para mitigar os gases de efeito estufa no escopo 3, relacionado aos fornecedores.

O Instituto Tim, com dez anos de atuação, apoiou dez ONGs com 1 milhão de reais, beneficiando 700.000 pessoas. Mario Girasole, vice-presidente da Tim Brasil, prevê que, até o final de 2024, 60% da energia utilizada pela empresa será de fontes renováveis, com mais de 130 usinas em operação, superando as atuais 101 usinas.

Acompanhe tudo sobre:TIMMelhores do ESG

Mais de ESG

Governo mantém imposto para inibir importação de resíduos de papel, plástico e vidro

Mudanças climáticas: degelo piora a navegação comercial entre Europa e Ásia

Yascha Mounk: 'Precisamos reforçar nossos ideais democráticos, e não a polarização cultural'

Cepal critica falta de política industrial na descarbonização e incentivo a importações

Mais na Exame