Acompanhe:

Reforma tributária pode ser aprovada no 1º semestre, diz Alckmin

"Temos de aproveitar maioria no Congresso para aprovar a reforma", afirmou o vice-presidente

Modo escuro

Alckmin: "Ambos os presidentes eleitos no Congresso são favoráveis à reforma tributária" (CARL DE SOUZA/Getty Images)

Alckmin: "Ambos os presidentes eleitos no Congresso são favoráveis à reforma tributária" (CARL DE SOUZA/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 6 de fevereiro de 2023, 16h35.

O vice-presidente da República e ministro de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, afirmou nesta segunda-feira, 6, que a reforma tributária pode ser aprovada no Congresso Nacional ainda no primeiro semestre. Alckmin participa do Fórum BandNews Economia Verde, Futuro e Inovação, realizado em São Paulo.

"Ambos os presidentes eleitos no Congresso são favoráveis à reforma tributária. Em 15 anos, a reforma tributária pode gerar um crescimento de 10% do PIB brasileiro", afirmou Alckmin, referindo-se aos presidentes da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL) e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

E continuou: "Acredito que a reforma tributária pode ser aprovada ainda no primeiro semestre. Temos de aproveitar maioria no Congresso para aprovar a reforma."