Premiê britânica quer que Brexit dê força a montadoras

Nissan e outras montadoras de veículos devem crescer em seu país, disse seu porta-voz nesta terça-feira

Londres - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, deixou claro que seu governo quer garantir que o processo de separação da União Europeia, o chamado Brexit, permita que a Nissan e outras montadoras de veículos floresçam em seu país, disse seu porta-voz nesta terça-feira.

Mais cedo, Colin Lawther, vice-presidente sênior da Nissan na Europa, disse a parlamentares que a empresa quer que o governo a ajude a usar mais prestadores de serviço do Reino Unido para poder cumprir as "regras de origem" se a nação romper com a união aduaneira da UE.

"Temos deixado bastante claro que o que queremos é garantir um acordo que permita haver um ambiente para que a Nissan e outras empresas do setor automotivo floresçam", disse o representante aos repórteres.

"Enquanto nos preparamos para entrar nestas negociações, nós o fazemos com um espírito de otimismo, de que conseguiremos o acordo certo que nos permita garantir o ambiente que a Nissan quer... somos ambiciosos a respeito da natureza do acordo de livre comércio que podemos acertar com a União Europeia."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.