Preços globais de alimentos caem em junho com safras maiores

índice de preços da FAO que mede as mudanças de preços para uma cesta de cereais, oleaginosas, laticínios, carnes e açúcar recuou pelo segundo mês consecutivo

Roma - Os preços globais dos alimentos caíram 1 por cento em junho por conta de uma melhora nas perspectivas de oferta, disse a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) nesta quinta-feira, elevando suas estimativas para as produções de trigo e milho na nova temporada.

Os preços do alimentos dispararam durante o verão de 2012 por conta de uma seca histórica nos EUA, mas perspectivas de uma recuperação na oferta mundial de grãos e previsões de clima favorável estão agora pressionando os mercados.

O índice de preços da FAO que mede as mudanças de preços para uma cesta de cereais, oleaginosas, laticínios, carnes e açúcar recuou pelo segundo mês consecutivo, para 211,3 pontos em junho, menor nível desde fevereiro.

"As perspectivas das safras são ainda melhores do que havíamos antecipado no mês passado, enquanto a demanda recuou", disse o economista sênior da FAO, Abdolreza Abbassian.

A FAO elevou a previsão para a produção mundial de trigo em 2013/14 em 2 milhões de toneladas, para 704 milhões e a de milho para 972 milhões de toneladas, ante a previsão de 963 milhões de junho.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.