Economia
Acompanhe:

Preço médio do litro da gasolina cai para R$ 4,98

Com isso, valor volta a ficar abaixo de R$ 5,00 pela primeira vez neste início do ano

 (Pilar Olivares/Reuters)

(Pilar Olivares/Reuters)

E
Estadão Conteúdo

24 de janeiro de 2023, 07h33

O preço médio da gasolina nos postos de abastecimento do País caiu 1,2%, para R$ 4,98 na semana passada, entre 15 e 21 de janeiro. Na semana anterior, esse preço era de R$ 5,04. As informações são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Com isso, o preço da gasolina volta a ficar abaixo de R$ 5,00 pela primeira vez neste início do ano. A última vez que isso aconteceu foi na última semana de 2021, quando o preço médio do litro do combustível ficou em R$ 4,96.

Foi a segunda semana de queda consecutiva no preço da gasolina, que retoma o movimento de baixa verificado entre o fim de novembro e o fim de dezembro, então alimentado por uma redução no preço de refinaria da Petrobras em 9 de dezembro (-6,1%).

Desta vez, a queda nos preços está atrelada ao recuo no preço do etanol anidro, que compõe 27% da mistura da gasolina comum comercializada no Brasil. Na média das usinas paulistas, o preço do insumo experimentou queda acumulada de 9,3% nas últimas três semanas, até 20 de janeiro, aponta levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura da USP (Cepea/Esalq-USP).

Houve queda no preço da gasolina em todas as cinco regiões do País, sendo a maior delas no Sul, de -1,77%. A segunda maior queda aconteceu no Centro-Oeste (-1,63%), seguido de Sudeste (-1 01%), Nordeste (-0,97%) e Norte (-0,80%).

Diesel S10 e GLP

O diesel também viu o preço cair. O preço médio do diesel S10 nos postos recuou 0,9%, para R$ 6,43 na semana passada, ante R$ 6,47 nos sete dias anteriores.

Com isso, o combustível teve a segunda queda semanal de preço seguida, voltando à tendência baixista que chegou a acumular sete baixas seguidas no fim do ano passado.

Já o gás liquefeito de petróleo (GLP) ou o gás de cozinha, amplamente consumido pela população, experimentou queda de 0,2% no preço ao consumidor pela segunda semana seguida. Entre 15 e 21 de janeiro, o botijão de 13 quilos do insumo custou, em média R$ 108,05 ante R$ 108,29 na semana imediatamente anterior. Trata-se da sexta semana seguida de queda no preço desse insumo ao consumidor final.