Acompanhe:

Cotado para a Receita, Mansueto diz que ordem é de não elevar impostos

Ex-secretário da Receita, Marcos Cintra, foi exonerado após discussão sobre "nova CPMF" ir a público

Modo escuro

Continua após a publicidade
Mansueto Almeida: "A diretriz básica do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes é que não iremos aumentar a carga tributária" (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Mansueto Almeida: "A diretriz básica do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes é que não iremos aumentar a carga tributária" (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 13 de setembro de 2019 às, 09h34.

Última atualização em 13 de setembro de 2019 às, 10h56.

São Paulo — O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, um dos nomes cotados para assumir a Receita Federal, defendeu uma reforma tributária que implique em um processo de simplificação e garantiu que, por parte do governo, não há nenhuma discussão que resulte em aumento da carga tributária.

"A diretriz básica do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes é que não iremos aumentar a carga tributária", afirmou Mansueto em entrevista à rádio CBN, quando questionado sobre como avaliava as discussões sobre esta reforma.

Na noite desta quinta-feira, 12, o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, informou que Guedes pode optar por uma solução caseira para substituir Marcos Cintra no comando da Receita Federal e que o nome de Mansueto está circulando no Ministério da Economia como uma alternativa.

Pesa a favor do atual secretário do Tesouro a avaliação de que ele poderia conciliar a reforma tributária com as necessidades fiscais do País.

Na entrevista à CBN, Mansueto disse ser preciso um debate "transparente e aberto" com o Congresso sobre o tema, acrescentando que é necessária a racionalização do sistema tributário e que isso passa, por exemplo, pela unificação de impostos indiretos.

Quando perguntado sobre a ideia de recriar um tributo semelhante à CPMF, que teria sido uma das razões para a demissão de Cintra, afirmou que o debate também esteve relacionado a redução de outros impostos, como os tributos sobre a folha de pagamentos. Mas ponderou que o tema foi jogado mais como uma questão para discussão do que como uma proposta. "Nunca se cogitou aumentar carga tributária".

Últimas Notícias

Ver mais
Para FMI, Argentina precisa de política monetária e cambial consistente para baixar inflação
Economia

Para FMI, Argentina precisa de política monetária e cambial consistente para baixar inflação

Há 3 horas

IFI refaz conta e estima que governo terá metade da receita desejada com medidas arrecadatórias
Economia

IFI refaz conta e estima que governo terá metade da receita desejada com medidas arrecadatórias

Há 4 horas

BCE: é cedo demais para falar em corte de juros com perspectiva incerta de inflação, diz Nagel
Economia

BCE: é cedo demais para falar em corte de juros com perspectiva incerta de inflação, diz Nagel

Há 4 horas

Exclusivo: líder do União Brasil na Câmara, Elmar Nascimento, é entrevistado da EXAME desta sexta
Economia

Exclusivo: líder do União Brasil na Câmara, Elmar Nascimento, é entrevistado da EXAME desta sexta

Há 6 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais