IPC-Fipe desacelera para 0,83% na 2ª quadrissemana de maio

O índice registrou uma alta de 0,83%

São Paulo - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação da cidade de São Paulo, registrou uma alta de 0,83% na segunda quadrissemana de maio. O número representa uma desaceleração em relação à primeira leitura do mês, quando o índice avançou 1,04%.

O resultado apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) ficou abaixo da mediana das previsões de 12 instituições consultadas pelo AE Projeções, de 0,91%. As estimativas apontavam que o índice poderia ficar no intervalo entre altas de 0,87% e 0,98%.

Na segunda leitura de maio, apenas dois grupos tiveram aceleração. Transporte avançou para 0,39%, de 0,30% na primeira pesquisa do mês. Já Educação subiu levemente para 0,09%, de 0,08%.

Por outro lado, houve desaceleração nos subíndices de Habitação (de 1,93% para 1,26%); Alimentação (0,83% para 0,82%); Despesas Pessoais (0,15% para 0,13%); Saúde (1,95% para 1,78%); e Vestuário (0,69% para 0,58%).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.