Inflação volta a cair e deixa BCE sob forte pressão

O Banco Central Europeu se encontrava sob forte pressão, após nova queda do índice de preços em maio para a zona do euro

Bruxelas - O Banco Central Europeu (BCE) se encontrava novamente sob forte pressão para que atue rapidamente, após uma nova queda do índice de preços em maio para a zona do euro, que faz crescer o risco de deflação na região.

Segundo uma primeira estimativa da agência europeia de estatísticas Eurostat, publicada nesta terça-feira, a inflação para maio caiu 0,5%, 0,2% menos que no mês anterior.

Com esta cifra, o nível volta ao de março passado, que constituiu então sua maior queda na evolução de preços em quatro anos e meio.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.