Ibama libera linha que interligará Região Norte ao país

O empreendimento, com 334 quilômetros, faz parte do chamado Linhão de Tucuruí e atravessa os municípios de Almeirim, no Pará, Laranjal do Jari, Mazagão e Macapá

	Transmissão de energia: Ibama explica que, no decorrer do processo de licenciamento ambiental, foram feitas dez vistorias de acompanhamento à linha de transmissão
 (Getty Images)
Transmissão de energia: Ibama explica que, no decorrer do processo de licenciamento ambiental, foram feitas dez vistorias de acompanhamento à linha de transmissão (Getty Images)
L
Luci RibeiroPublicado em 22/01/2014 às 14:41.

Brasília - O Ibama informou nesta quarta-feira, 22, que emitiu licença de operação da Linha de Transmissão Jurupari - Laranjal do Jari - Macapá, que permitirá a integração do sistema elétrico da Região Norte ao Sistema Interligado Nacional.

O empreendimento, com 334 quilômetros, faz parte do chamado Linhão de Tucuruí e atravessa os municípios de Almeirim, no Pará, Laranjal do Jari, Mazagão e Macapá, no Amapá.

"Um diferencial desse projeto refere-se às exigências do Ibama para a adoção de tecnologias de construção de menor impacto ambiental, que envolvem, por exemplo, cuidados especiais para intervenção em áreas alagadas, uso de estruturas autoportantes e o alteamento de torres", diz nota publicada no site do órgão.

"Os resultados dessas tecnologias traduziram-se na redução dos quantitativos de terraplenagem e de supressão de vegetação na faixa de servidão. Além disso, foram estabelecidas diversas medidas de controle ambiental essenciais à sustentabilidade do projeto", acrescenta o texto.

O Ibama explica que, no decorrer do processo de licenciamento ambiental, foram feitas dez vistorias de acompanhamento, entre 2011 e 2013.

No segundo semestre de 2013, o órgão chegou a determinar a paralisação das obras, cuja retomada foi condicionada à execução de plano de trabalho corretivo.