Governo vai criar jornada de trabalho flexível, diz jornal

Segundo O Globo, trabalhadores poderão ter mais de um emprego formal e receber direitos proporcionais

São Paulo - Depois de ter anunciado um pacote de medidas na última quinta-feira (15), o governo já prepara outras novidades para a próxima semana. Dessa vez, o foco será o mercado de trabalho.

Segundo o jornal O Globo, o governo deve criar uma medida provisória que cria uma jornada flexível de trabalho, em regime intermitente (móvel).

A ideia é liberar a contratação por hora de trabalho, permitindo que os empregadores acionem os funcionários a qualquer momento e em qualquer dia da semana.

Por outro lado, o trabalhador poderá ter mais de um emprego formal, em horário flexível, e receber seus direitos trabalhistas proporcionalmente.

Ainda segundo O Globo, o governo também vai aumentar o prazo do contrato de trabalho temporário de 90 dias para 180 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 45 dias.

Em setembro, o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, já havia dado declarações sobre uma possível flexibilização da jornada de trabalho.

A expectativa do governo com as novas medidas é frear o desemprego no país, que está em 11,8%. Segundo a Pnad, do IBGE, a quantidade de desempregados chegou ao novo recorde de 12,042 milhões de pessoas nos três meses até outubro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.