Governo quer estender auxílio emergencial de R$ 250 até setembro

A extensão do programa será custeada por um crédito extraordinário de 12 bilhões de reais a ser enviado ao Congresso

O governo federal planeja estender por mais dois meses o auxílio emergencial de 250 reais, até setembro deste ano, disse à Reuters uma fonte que acompanha o tema.

A extensão do programa será custeada por um crédito extraordinário de 12 bilhões de reais a ser enviado ao Congresso e outros 7 bilhões de reais que já estão disponíveis no orçamento autorizado para o programa.

De acordo com a fonte, a intenção é usar esses dois meses a mais para fazer uma ponte até a implementação do novo Bolsa Família, que o governo vem estudando. O valor dessa nova versão do programa, no entanto, ainda não foi definido.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.